China exige dados de satélite sobre avião desaparecido

Vice-ministro chinês das Relações Exteriores disse ao embaixador que estava exigindo que Malásia entregue todas as análises de dados

Pequim - O vice-ministro chinês das Relações Exteriores, Xie Hangsheng, disse ao embaixador da Malásia em Pequim nesta segunda-feira que a China estava exigindo que a Malásia entregue todas as análises de dados de satélites relevantes sobre o avião desaparecido, informou o Ministério das Relações Exteriores.

Xie se reuniu com o embaixador depois que o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, citando novos dados de satélite, disse que o voo MH370 da Malaysia Airlines, que desapareceu mais de duas semanas atrás a caminho de Pequim, caiu no sul do oceano Índico.

Uma nova análise de satélite da Grã-Bretanha mostrou que o voo MH370, com 239 pessoas a bordo, foi visto pela última vez no oceano Índico, a oeste de Perth, na Austrália, informou o premiê em um comunicado.

"Esta é uma localização remota, longe de quaisquer possíveis locais de pouso", disse Najib.

"Assim, é com profunda tristeza e lamento que devo informá-los que, de acordo com estes novos dados, o voo MH370 terminou no sul do oceano Índico." (Reportagem de Ben Blanchard)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.