Acompanhe:

A quarta lista de estrangeiros autorizados a sair da Faixa de Gaza foi divulgada neste sábado, 4, pela embaixada do Brasil na Palestina. Pelo quarto dia consecutivo, os cidadãos brasileiros não foram contemplados e devem aguardar a próxima relação.

Conforme divulgado pelas autoridades palestinas, a nova lista inclui um total de 599 cidadãos de diversas nacionalidades, incluindo:

  • 386 cidadãos dos Estados Unidos
  • 112 do Reino Unido
  • 51 da França
  • 50 da Alemanha

Enquanto isso, o grupo composto por 34 pessoas, incluindo brasileiros e familiares próximos, aguardam pela autorização para sair do enclave.

Este é o quarto comunicado de autorizações para a saída de Gaza de civis que possuem outras nacionalidades, como resultado de um acordo mediado pelo Catar, envolvendo Israel, Egito e o Hamas.

Na quarta-feira, dia 1º, a passagem de Rafah foi desbloqueada pela primeira vez desde o início do conflito. As autoridades egípcias asseguraram que os 7 mil cidadãos estrangeiros que solicitaram permissão para deixar Gaza serão liberados gradualmente, permitindo a saída de um grupo por dia.

Negociações internacionais

Em meio à espera pelas listas de pessoas autorizadas a deixar a Faixa de Gaza, membros do Governo Federal têm articulado junto com governo de Israel o repatriamento do grupo de brasileiros que está desde o mês passado em casas alugadas pelo Itamaraty em Rafah e Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza, à espera de uma definição na fronteira, fechada desde o início da guerra.

Entre os apelos do governo brasileiro, estão as ligações diretas entre os dois países realizadas pelo ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, ao governo de Israel e também para o Egito, na expectativa de viabilizar o quanto antes o retorno dos brasileiros.

Conforme divulgado na sexta-feira, 3, pela assessoria de imprensa da chancelaria, o governo de Israel prometeu ao Itamaraty que até a próxima quarta-feira, 8, o grupo de 34 brasileiros retidos na Faixa de Gaza deixará o território palestino. A garantia foi dada pelo ministro de Relações Exteriores de Israel Eli Cohen ao chanceler Mauro Vieira. Em conversa telefônica pela manhã, Cohen prometeu que ‘na pior das hipóteses’, o grupo deixa Gaza nessa data.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
EUA podem enviar ajuda a Gaza e abrir corredor marítimo após morte de palestinos
Mundo

EUA podem enviar ajuda a Gaza e abrir corredor marítimo após morte de palestinos

Há 22 horas

Após mortes em Gaza, UE descongela € 50 milhões em fundos para agência da ONU
Mundo

Após mortes em Gaza, UE descongela € 50 milhões em fundos para agência da ONU

Há um dia

Reunião do G20 não chega a consenso sobre guerras e termina sem comunicado conjunto
Brasil

Reunião do G20 não chega a consenso sobre guerras e termina sem comunicado conjunto

Há um dia

No G20, ministro de Finanças da Alemanha mostra otimismo sobre menção a guerras em comunicado
Mundo

No G20, ministro de Finanças da Alemanha mostra otimismo sobre menção a guerras em comunicado

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais