Acompanhe:

Depois de torrar US$ 500 milhões, Bloomberg suspende campanha nos EUA

Bloomberg gastou milhões do próprio bolso na tentativa de ser o candidado democrata nas eleições americanas

Modo escuro

Continua após a publicidade
Michael Bloomberg: empresário e ex-prefeito de Nova York gastou meio milhão de dólares em sua breve campanha (Marco Bello/Reuters)

Michael Bloomberg: empresário e ex-prefeito de Nova York gastou meio milhão de dólares em sua breve campanha (Marco Bello/Reuters)

D
Da Redação

Publicado em 4 de março de 2020 às, 12h28.

Última atualização em 4 de março de 2020 às, 12h59.

São Paulo - Depois de gastar US$ 500 milhões, o ex-prefeito de Nova York, o empresário Michael Bloomberg, anunciou o fim da sua campanha pela nomeação do Partido Democrata para a eleição presidencial dos Estados Unidos. O empresário se manifestou no Twitter e revelou, ainda, o pré-candidato que irá apoiar daqui em diante: o ex-vice-presidente Joe Biden.

"Sempre acreditei que para derrotar Donald Trump é necessário se unir para apoiar o candidato com a melhor chance de fazê-lo. Após a votação de ontem, fica claro que esse candidato é meu amigo e um grande americano, Joe Biden ”, afirmou Bloomberg em comunicado.

Super Terça

Mesmo depois de gastar meio bilhão de dólares em anúncios na televisão e em ações de marketing nas redes sociais, Bloomberg não conseguiu atingir uma votação expressiva nos estados que realizaram eleições primárias nesta terça-feira (3). Seu melhor desempenho foi no território da Samoa Americana, onde obteve 49,9% dos votos, e no estado do Colorado, onde teve o apoio de 20,8% dos eleitores.

Na maioria dos estados, Bloomberg ficou em terceiro lugar, atrás de Joe Biden e Bernie Sanders. Assim, o ex-prefeito não conseguiu atingir um número significativo de delegados necessários para a nomeação pelo Partido Democrata. Ele obteve somente 8 delegados, ficando bem atrás de Joe Biden (305 delegados) e Bernie Sanders (243). Para levar a nomeação, o pré-candidato precisa conquistar o apoio de pelo menos 1.991 delegados.

Ao contrário dos demais candidatos, Bloomberg entrou tarde na campanha democrata. Foi somente em novembro que ele anunciou a sua candidatura. Com isso, o empresário optou por não disputar as primárias nos quatro primeiro estados (Iowa, New Hampshire, Nevada e Carolina do Sul) e concentrou os seus esforços na votação da chamada Super Tuesday (Super Terça), quando 14 estados realizaram suas prévias num só dia.

Bloomberg apostava que o ex-vice-presidente Joe Biden teria dificuldades de se manter na liderança da disputa, e esperava se tornar um candidato alternativo a Bernie Sanders. Não foi o que ocorreu. Com a saída de Pete Buttigieg e Amy Klobuchar da disputa, Biden acabou se mostrando um candidato mais forte do que no início das primárias, o que acabou atrapalhando os planos de Michael Bloomberg.

Com isso, Bloomberg se tornou o quarto candidato democrata a abandonar a disputa pela nomeação democrata desde que as prévias se iniciaram, em fevereiro. Antes dele, Pete Buttigieg, ex-prefeito de South Bend, Amy Klobuchar, senadora pelo estado de Minnesota, também anunciaram o fim de suas campanhas e endossaram Biden. Tom Steyer, empresário que também estava concorrendo ao posto, foi outro que suspendeu sua campanha e disse na ocasião que irá apoiar o candidato democrata, sem citar nomes.

 

Últimas Notícias

Ver mais
Trump declara apoio à fertilização in vitro após Corte decidir que embriões congelados são crianças
Mundo

Trump declara apoio à fertilização in vitro após Corte decidir que embriões congelados são crianças

Há 15 horas

Greve mantém Torre Eiffel fechada na manhã de sábado
Mundo

Greve mantém Torre Eiffel fechada na manhã de sábado

Há 16 horas

Manifestações na Argentina reivindicam assistência alimentar
Mundo

Manifestações na Argentina reivindicam assistência alimentar

Há 17 horas

Autoridades russas ameaçam enterrar Navalny na prisão onde morreu, afirma oposição
Mundo

Autoridades russas ameaçam enterrar Navalny na prisão onde morreu, afirma oposição

Há 18 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais