Mundo

Agilent anuncia plano de reestruturação

Venda de unidade de chips, de participação em fábrica de diodos, demissões e redução de custos são algumas das mudanças da empresa americana de tecnologia

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 30 de maio de 2011 às 18h27.

A empresa Agilent Technologies Inc. anunciou nesta segunda-feira (15/8) que venderá a unidade fabricante de semicondutores, na Califórnia por 2,66 bilhões de dólares. A Kohlberg Kravis Roberts & Co. e Silver Lake Partners compraram a fábrica depois de meses de ofertas de várias comanhias, como a Bain Capital and Warburg Pincus, Texas Pacific Group, CVC Partners e Francisco Partners, segundo reportagem do americano The Wall Street Journal.

Além da venda da unidade de chips usados em fibras óticas, memória de computadores e telefones celulares, a Agilent anunciou que a operação envovle a demissão de 1 300 empregados, o que representa 4,6% da força de trabalho da empresa, e também a redução de custos em 450 milhões de dólares.

Além de vender a unidade de semicondutores, Agilent também se desfez dos 47% que detém na Lumimeld Lighting, uma joint-venture com a Philips Electronics NV, situada nos Estados Unidos, que fabrica diodos. A Philips concordou em comprar a parte da Agilent por 950 milhões de dólares.

A Agilent tem uma filial em Barueri, região metropolitana de São Paulo. Até 2 de junho de 2000, a Agilent era uma subsidiária da Hewlett-Packard Company. A HP completou alocou todas as ações ordinárias da Agilent de propriedade da Hewlett-Packard aos acionistas.

Acompanhe tudo sobre:ChipsEmpresasEmpresas americanasKKRSilver Lake

Mais de Mundo

Foto inédita de William com os filhos, tirada por Kate, é publicada para celebrar Dia dos Pais

Exército israelense anuncia pausa diária nas operações em uma região de Gaza

Cúpula pela paz na Suíça reafirma integridade da Ucrânia, mas pede negociações com a Rússia

Brasil é 3º país mais inseguro da América do Sul, diz Global Peace Index

Mais na Exame