Mercado imobiliário

Novo prédio em Balneário Camboriú será o maior edifício residencial do mundo, com 509m de altura

Novo projeto é de construtora responsável pela One Tower, o maior arranha-céu da América Latina, também localizado na cidade

Triumph Tower, novo empreendimento que deve ser lançado ainda esse ano, em Balneário Camboriú (FG Empreendimentos/Divulgação)

Triumph Tower, novo empreendimento que deve ser lançado ainda esse ano, em Balneário Camboriú (FG Empreendimentos/Divulgação)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 18 de abril de 2024 às 13h18.

Última atualização em 18 de abril de 2024 às 14h48.

A orla de Balneário Camboriú, no litoral norte de Santa Catarina, coleciona uma infinidade de prédios gigantes. O local, que ficou famoso no país por suas hiper-construções, vai ganhar um novo projeto, ainda mais ambicioso: a Triumph Tower. O edifício, que tem previsão de ultrapassar os 500 metros de altura, quer o título de maior prédio residencial do mundo.

Com 509 metros de altura e 154 andares, o empreendimento, que deve ser lançado no segundo semestre de 2024, será estabelecido na Barra Sul. Os números superam a Steinway Tower, em Nova York, apontado como o maior edifício de apartamentos residenciais do mundo, segundo o ranking internacional The Skyscrapper Center. Ainda não há previsão para o início das obras.

O projeto ambicioso é da construtora FG Empreendimentos, em parceria com a Havan, do empresário Luciano Hang. A empresa do ramo imobiliário também esteve à frente do maior empreendimento da cidade, a One Tower. O prédio, que até o momento é o maior de Balneário Camboriú, também é o mais alto da América Latina, com 290 metros e 84 andares. A obra, que teve um orçamento de cerca de R$ 650 milhões, foi entregue aos moradores com todos os 119 apartamentos vendidos em dezembro de 2022.

A One Tower está localizada próxima ao Yachthouse, um empreendimento com duas torres gêmeas de 281 metros e 81 andares, que ocupando o segundo lugar do ranking nacional. Segundo a Pasqualotto, construtora de empreendimentos de luxo e responsável pelo edifício, o Yachthouse terá sua altura aumentada para 294,1 metros com a instalação de pináculos decorativos em suas duas torres. Com isso, o prédio residencial deve voltar ao topo da lista dos mais altos.

Cidade vertical

A cidade de Balneário Camboriú, com seus prédios imponentes, está entre os três municípios mais verticalizadas do país, com mais da metade de sua população residindo em apartamentos, segundo Censo Demográfico de 2022. Ao seu lado, no topo da lista estão Santos (63,45%) e São Caetano do Sul (50,77%), ambos em São Paulo.

A busca pela verticalização já é uma febre em diversas regiões do país. Em Mato Grosso, por exemplo, o Niraj Towers, duas torres com 250,48 metros de altura e 210 apartamentos em cada, já começou a ser construído na Avenida dos Estudantes, em Rondonópolis, município localizado a 218 km de Cuiabá. Um shopping também será construído no local anexo às duas torres.

Acompanhe tudo sobre:Balneário CamboriúConstrução civilMercado imobiliário

Mais de Mercado imobiliário

Imóveis usados foram os mais buscados por compradores em 2023, diz DataZAP

Minha mãe deixou uma casa em meu nome. Meus irmãos podem exigir venda do imóvel e divisão do valor?

Leilão de imóveis do Santander tem lance mínimo a partir de R$ 58 mil

Morumbi: conheça um bairro nobre de origem rural

Mais na Exame