Acompanhe:

23 ações que pagam dividendos mais indicadas para dezembro

Levantamento feito pela EXAME Invest mostra as ações mais recomendadas por corretoras para este mês

Dividendos: termo diz respeito à parte dos lucros que as companhias listadas na bolsa de valores distribuem aos seus acionistas (Vale/Divulgação)

Dividendos: termo diz respeito à parte dos lucros que as companhias listadas na bolsa de valores distribuem aos seus acionistas (Vale/Divulgação)

K
Karla Mamona

6 de dezembro de 2022, 06h15

As ações da Vale (VALE3) lideram o ranking das recomendações de bancos, corretoras e casas de análise para o mês de dezembro como pagadoras de dividendos. Os papéis foram citados em quatro das sete carteiras consultadas pela EXAME InvestOs papéis da Telefônica (VIVT3) aparecem e segundo lugar com três indicações.

Sobre a mineradora, os analistas da Vale destacaram que volumes de minério de ferro começaram a melhorar sazonalmente (e uma recuperação mais acentuada deva ser vista já no quarto trimestre). Eles destacaram que os preços do minério de ferro voltaram a subir, refletindo uma maior demanda durante o final do ano – possivelmente em decorrência de um processo de estocagem.

“Além disso, ainda vemos um cenário de mercado bastante saudável e equilibrado para 2023, o que se traduz em uma remuneração saudável para os acionistas acima de 10% (entre dividendos e recompras), o que funciona como espécie de “colchão” e, em tese, impede uma reavaliação muito pronunciada das ações – ao menos no curtíssimo prazo.”

Quer começar a investir? Abra sua conta gratuitamente no BTG Pactual

Em relação à Telefônica Vivo (VIVT3), os analistas destacaram que os últimos resultados da Telefônica Brasil vieram bastante em linha com as expectativas de consenso e mostraram tendências semelhantes ao longo do ano.

“Notamos que o ativo VIVT3 está descontado, negociando com um múltiplo EV/EBITDA para 2023 em cerca de 3,0x. A Telefônica Brasil é uma empresa que distribui bons dividendos e esperamos para os próximos trimestres evidências mais fortes de captura de sinergias da aquisição da Oi e tendências positivas de geração de fluxo de caixa”, disseram os analistas da Ágora.

Veja ranking e carteiras abaixo:

Ação Recomendações
Vale (VALE3) 4
Telefônica Vivo (VIVT3) 3
Itausa (ITSA4) 2
CPFL Energia (CPFE3) 2
Itaú Unibanco (ITUB4) 2
Cemig (CMIG4) 2
Isa CTEEP (TRPL4) 2
Irani (RANI3) 1
Petrobras (PETR4) 1
Copasa (CSMG3) 1
Direcional (DIRR3) 1
Eletrobras (ELET3) 1
Porto (PSSA3) 1
Santander (SANB11) 1
Banco do Brasil (BBAS3) 1
Camil (CAML3) 1
Ferbasa (FESA4) 1
B3 (B3SA3) 1
Eletrobras (ELET6) 1
Petrobras (PETR3) 1
Bradespar (BRAP4) 1
CCR (CCRO3) 1
Engie (EGIE3) 1

 

Ágora Investimentos

Ações excluídas: TIM
Ações incluídas: Telefônica Vivo

Ação Peso (%)
Energisa (ENGI11) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Telefônica Vivo (VIVT3) 20
Vale (VALE3) 20
Vibra Energia (VBBR3) 20

 

Guide Investimentos

Ações excluídas: Ambev e Taesa Unit
Ações incluídas: Petrobras e Irani

Ação Peso (%)
CPFL Energia (CPFE3) 20
Irani (RANI3) 20
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Petrobras (PETR4) 20
Vale (VALE3) 20

Genial

Ações excluídas: Itaú Unibanco e Telefônica Vivo
Ações incluídas: Cemig e Copasa

Ação Peso (%)
Cemig (CMIG4) 20
Copasa (CSMG3) 20
Direcional (DIRR3) 20
Eletrobras (ELET3) 20
Porto (PSSA3) 20

Nova Futura

Ações excluídas: Unipar
Ações incluídas:  Isa CTEEP

Ação Peso (%)
Cemig (CMIG4) 20
Isa CTEEP (TRPL4) 20
Santander (SANB11) 20
Telefônica Brasil (VIVT3) 20
Vale (VALE3) 20

Planner

Ações excluídas: Bradesco, Caixa Seguridade, CCR, Copel e GrendeneAções incluídas: Banco do Brasil, Camil, Ferbasa, ISA CTEEP e Itaú Unibanco

Ação Peso (%)
Banco do Brasil (BBAS3) 20
Camil (CAML3) 20
Ferbasa (FESA4) 20
ISA CTEEP (TRPL4) 20
Itaú Unibanco (ITUB4) 20

Santander

Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
B3 (B3SA3) 20
CPFL Energia (CPFE3) 20
Eletrobras (ELET6) 20
Petrobras (PETR3) 20
Vale (VALE3) 20

Terra

Ações excluídas: Copel
Ações incluídas: CCR

Ação Peso (%)
Bradespar (BRAP4) 20
CCR (CCRO3) 20
Engie (EGIE3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Telefônica Vivo (VIVT3) 20