Mercados

Tereos cancela oferta por “condições de mercado”

Empresa disse que continua atenta e que pode realizar uma nova tentativa em um futuro próximo

A operação tinha o banco BTG Pactual como o coordenador líder, além do auxílio do Morgan Stanley, Natixis e Crédit Agricole (Divulgação/Tereos/Divulgação)

A operação tinha o banco BTG Pactual como o coordenador líder, além do auxílio do Morgan Stanley, Natixis e Crédit Agricole (Divulgação/Tereos/Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 1 de julho de 2011 às 20h42.

São Paulo – A Tereos (TERI3) anunciou na noite desta sexta-feira (1) que cancelou o pedido de análise para uma nova oferta primária de ações, revela comunicado publicado na CVM (Comissão de Valores Mobiliários). A empresa estimava captar entre 450 milhões de reais e 600 milhões de reais.

Segundo o documento, a empresa interrompeu o processo após analisar as “condições de mercado”. A Tereos afirma, contudo, que continua atenta às condições de mercado, visando realizar uma oferta pública primária de ações em um futuro próximo.

“A Tereos Internacional já se encontra em discussões com a BM&FBOVESPA quanto à recomposição do percentual de ações de emissão da Tereos Internacional em circulação no mercado, para a adequação do mínimo de 25% exigido pelas regras do Novo Mercado”, explica Marcus E. Thiene, diretor de relações com investidores, que assina a nota.

A operação tinha o banco BTG Pactual como o coordenador líder, além do auxílio do Morgan Stanley, Natixis e Crédit Agricole.
Os recursos captados seriam utilizados para a expansão por meio de aquisições ou investimento em ativos existentes. Para o negócio de cana-de-açúcar, a intenção é crescer as atividades no Brasil e, para o negócio de amido, os recursos irão para novos projetos ou aquisições na América Latina, Ásia e Leste Europeu.

“O nosso crescimento será focado na consolidação do setor sucroenergético brasileiro e na expansão das atividades de processamento de cereais em países emergentes especialmente os localizado na América Latina, Ásia e Leste Europeu, para crescer junto com nossos grandes clientes, aproveitando do know-how desenvolvido por nossas atividades processadoras de trigo e milho na Europa e da experiência de crescimento em mercados emergentes das nossas atividades processadoras de cana-de-açúcar no Brasil”, mostra o prospecto.

Acompanhe tudo sobre:AçõesIndústrias de alimentosMercado financeiroOfertas de açõesTereos

Mais de Mercados

Petróleo fecha em alta, de olho estoques dos EUA e após decisão do Fed

Bolsas da Europa fecham em alta, após quedas com incerteza política e acompanhando CPI dos EUA

Fed mantém juro inalterado nos EUA e projeta apenas um corte neste ano

Apple ultrapassa Microsoft impulsionada por IA e se torna a empresa mais valiosa do mundo

Mais na Exame