Mercados

QGEP recua na estreia na bolsa após IPO abaixo do esperado

A ação da QGEP fechou em R$ 18,10, a mínima do dia

A oferta foi composta de 69,3 milhões de ações (Germano Luders)

A oferta foi composta de 69,3 milhões de ações (Germano Luders)

DR

Da Redação

Publicado em 9 de fevereiro de 2011 às 18h21.

São Paulo - A QGEP Participações SA, empresa de petróleo controlada pela Queiroz Galvão SA, fechou em queda de 5 por cento em seu primeiro dia de negociação na bolsa de São Paulo, após a abertura de capital ter ficado abaixo das expectativas.

A ação da QGEP fechou em R$ 18,10, a mínima do dia. O Ibovespa registrou queda de 2,4 por cento.

A empresa, com sede no Rio de Janeiro, levantou R$ 1,32 bilhão depois de fixar suas ações a R$ 19 cada uma, 17 por cento menos do que o mínimo da faixa de preço estipulada pelo prospecto de 21 de janeiro, que variava de R$ 23 a R$ 29. A oferta foi composta de 69,3 milhões de ações, com a opção de vender um lote de 10,4 milhões de papéis numa oferta suplementar.

“As ações estão caindo porque talvez o preço do IPO tenha sido um pouco alto”, disse Fausto Gouveia, que ajuda a administrar R$ 270 milhões em ações na Legan Administração de Recursos, numa entrevista por telefone de São Paulo, enquanto o mercado estava aberto.

A QGEP possui concessões em oito blocos, incluindo em campos do pré-sal, nas bacias de Santos, Jequitinhonha e Camamu. A empresa também detém uma participação de 45 por cento no campo de gás Manati, com capacidade de produção de 50.300 barris de óleo equivalente por dia.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas brasileirasEnergiaIPOsMercado financeiroPetróleoQueiroz Galvão

Mais de Mercados

"Mercado precifica cenário de quase crise fiscal no Brasil, que não é verdade", diz Mansueto Almeida

Ibovespa opera em queda após IPCA-15 e PIB dos EUA vierem acima do esperado

IA transforma tarefas em Wall Street, mas profissionais ainda estão céticos

Stellantis tem queda de 48% no lucro líquido do 1º semestre

Mais na Exame