Mercados

Produtora de alimentos Camil fará IPO na Bovespa

Os papéis da Camil já estão com a CVM. O objetivo é ganhar terreno fora do país

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 9 de fevereiro de 2011 às 11h15.

São Paulo - A fabricante de alimentos Camil entrou com pedido para realizar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), conforme informações no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).</p>

"Pretendemos fortalecer a nossa posição de consolidador do setor de alimentos da América Latina, solidificando a nossa liderança regional", informou a empresa.

A Camil pretende listar ações no Novo Mercado da Bovespa, com oferta primária e secundária. Os detalhes da operação --como quantidade de papéis, faixa de preço sugerido e cronograma-- ainda não estavam disponíveis no prospecto preliminar.

A Camil diz ser a segunda maior empresa de alimentos básicos do mercado doméstico em termos de receita líquida e líder no beneficiamento e comercialização de arroz no Brasil, Chile e Uruguai em toneladas vendidas.

Praticamente todo o faturamento da companhia vem da venda de arroz e feijão. A receita bruta até o fim de novembro de 2010 totalizou 1,2 bilhão de reais, contra quase 1,1 bilhão de reais em igual intervalo do ano anterior.

A geração de caixa medida pelo Ebitda --sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação-- foi de 107,1 milhões de reais de janeiro a novembro de 2010, acima dos 91,8 milhões de reais um ano antes, segundo informações no prospecto. A margem Ebitda foi de 9,9 por cento, contra 9,3 por cento, na mesma base de comparação.

A Camil não informou seu lucro líquido no documento, mas disse que nos nove primeiros meses de 2010 ele foi o equivalente a 4,6 por cento de sua receita líquida, cujo montante também não foi revelado.

O coordenador-líder da oferta de ações da Camil é o Credit Suisse. Também participam da operação o Bradesco BBI e o Santander.

Acompanhe tudo sobre:AlimentaçãoCamil AlimentosEmpresasIPOsMercado financeiroTrigo

Mais de Mercados

"Se Lula indicar nome pior que Galípolo para o BC, o mercado entrará em pânico", diz Marilia Fontes

Ibovespa sobe e fecha acima dos 121 mil pontos com ajuda de Petrobras (PETR4) e Itaú (ITUB4)

PMIs da zona do euro e dos EUA, repercussão de falas do Lula e Sabesp: o que move o mercado

Elon Musk vai receber bônus de R$ 305 bilhões como remuneração de acionistas da Tesla

Mais na Exame