Mercados

Moedas digitais perdem US$ 120 bilhões de valor em 24 horas

Só nas últimas 24 horas, a bitcoin - a mais famosa das moedas virtuais - desvalorizou mais de 10%

Bitcoin: Facebook baniu anúncios relacionados ao mercado de criptomoedas (Chris Ratcliffe/Bloomberg)

Bitcoin: Facebook baniu anúncios relacionados ao mercado de criptomoedas (Chris Ratcliffe/Bloomberg)

Rita Azevedo

Rita Azevedo

Publicado em 2 de fevereiro de 2018 às 11h08.

Última atualização em 2 de fevereiro de 2018 às 12h47.

São Paulo -- O tempo ficou cinza para as criptomoedas. Só nas últimas 24 horas, a bitcoin -- mais famosa delas -- desvalorizou mais de 10%.

Ethereum, Litecoin, Bitcoin Cash, Ripple e outras moedas virtuais seguiram o mesmo caminho, com quedas de até 25% no mesmo período.

Com isso, o valor de mercado das principais criptomoedas passou de cerca de 490 bilhões de dólares para 372 bilhões de dólares em apenas um dia, como mostra o Coin Market Cap.

Longe do pico

Na manhã desta sexta-feira, a bitcoin era negociada por cerca de 8 mil dólares, segundo dados do CoinDesk.

Desde domingo, a moeda desvalorizou quase 30%. Se o movimento de queda continuar, há chances desta ser a pior semana para a bitcoin em cinco anos.

Do final de dezembro, quando atingiu o pico de 20 mil dólares, até agora, a criptomoeda já desvalorizou 60%.

A derrocada pode ser explicada por vários fatores, como o aumento das análises regulatórias nos Estados Unidos.

Recentemente, a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos EUA (CFTC, na sigla em inglês) enviou intimações para dois dos maiores agentes de criptomoedas do mundo, a Bitfinex e Tether.

Além disso, o Facebook decidiu nesta semana proibir anúncios que promovam moedas digitais, ofertas inicias de moedas (ICOs) e opções binárias, alertando que elas estão “frequentemente associadas a práticas promocionais enganosas ou ilusórias”.

 

 

 

 

Acompanhe tudo sobre:BitcoinCriptomoedas

Mais de Mercados

Repercussão do Copom, decisão de juros na Inglaterra e Casas Bahia (BHIA3): o que move o mercado

Petrobras (PETR4) paga R$ 19,17 bi em dividendos nesta quinta-feira

Bancos centrais compram um quinto do ouro do mundo e querem aumentar aposta

Ibovespa sobe e recupera os 120 mil antes de decisão do Copom; dólar bate máxima em 18 meses

Mais na Exame