Mills irá emitir R$ 270 milhões em debêntures

Empresa ratificou a emissão de 27 mil papéis após a coleta de intenções de investimentos

	Recursos captados serão usados para o financiamento de investimentos, pagamento de dívidas e despesas gerais da companhia
 (ARQUIVO/DIVULGAÇÃO)
Recursos captados serão usados para o financiamento de investimentos, pagamento de dívidas e despesas gerais da companhia (ARQUIVO/DIVULGAÇÃO)
Por Firas FreitasPublicado em 19/09/2012 13:59 | Última atualização em 19/09/2012 13:59Tempo de Leitura: 1 min de leitura

São Paulo - A Mills Estruturas e Serviços de Engenharia (MILS3) irá emitir 27 mil debêntures em sua segunda emissão com valor unitário de 10 mil reais, segundo comunicado enviado nesta terça-feira à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Ao todo, a companhia deverá captar 270 milhões de reais.

O número de papéis a serem emitidos foi ratificado pela diretoria da companha após o resultado de coleta de intenções de investimentos (procedimento de bookbuilding), realizado no último dia 3 de agosto deste ano.

A operação deverá ser realizada em duas séries, sendo a primeira com 16 mil, totalizando 160 milhões de reais, e a segunda com 10,9 mil papéis, totalizando 109 milhões de reais. Os vencimentos serão em 2017 e 2020, respectivamente.

Segundo informou, os recursos líquidos captados serão usados integralmente para o financiamento de investimentos, pagamento de dívidas e despesas gerais da companhia.