Acompanhe:

iSorry da Apple não convence o mercado

Papéis da gigante da tecnologia recuaram quase 10% após lançamento do iPhone 4; aparelho teria problema de recepção de sinal

Modo escuro

Continua após a publicidade
O iSorry não mudou a tendência das ações. Os papéis caíram 0,6% no pregão desta sexta-feira (.)

O iSorry não mudou a tendência das ações. Os papéis caíram 0,6% no pregão desta sexta-feira (.)

G
Gustavo Kahil

Publicado em 2 de julho de 2010 às, 18h59.

São Paulo - A Apple não convenceu os mercados com o seu iSorry sobre os problemas que estariam ocorrendo com o iPhone 4, lançado na semana passada. Vários usuários reclamaram que o aparelho teria um problema de recepção de sinal. Outros fabricantes, como a Nokia e a Motorola, até satirizaram o problema em campanhas publicitárias.

Desde que o iPhone chegou ao mercado, em 24 de junho, as ações da empresa recuaram 8,85% na bolsa Nasdaq, negociadas a 247 dólares. Há até os que atribuem o desempenho a uma "maldição do iPhone". Em 2007, o iPhone número zero fez os papéis da empresa de Jobs  despencarem em 10% todo o mês seguinte ao lançamento.

Em 2008, o retorno: nem a euforia pelas novidades do iPhone 3G foi capaz de conter desvalorização das ações da empresa, que caíram 4% por 30 dias. Em 2009, com o iPhone 3GS, nova queda, dessa vez de 5%. Segundo o portal Business Insider, as ações tendem a se comportar independente do otimismo dos analistas e consumidores.

Em comunicado divulgado hoje, a Apple atribui os problemas a um erro na exibição das barras que indicam a presença de sinal de rede. "Descobrimos a causa dessa dramática queda nas barras, e é ao mesmo tempo simples e surpreendente", explica a empresa por meio de comunicado. O iSorry não mudou a tendência das ações. Os papéis caíram 0,6% no pregão desta sexta-feira.

 

Últimas Notícias

Ver mais
Receita estende até 12 de abril prazo para empresas aderirem ao piloto do 'Confia'
seloMinhas Finanças

Receita estende até 12 de abril prazo para empresas aderirem ao piloto do 'Confia'

Há 4 horas

Bolsas da Europa fecham com perdas de mais de 1% com receio sobre juros; Ocado derrete
seloMercados

Bolsas da Europa fecham com perdas de mais de 1% com receio sobre juros; Ocado derrete

Há 7 horas

Como Beyoncé tem ajudado a Levi's a disparar na bolsa
seloMercados

Como Beyoncé tem ajudado a Levi's a disparar na bolsa

Há 10 horas

Apple demite 600 pessoas na Califórnia após encerrar projeto de carros elétricos
Tecnologia

Apple demite 600 pessoas na Califórnia após encerrar projeto de carros elétricos

Há 11 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais