Mercados

EUA vende títulos do Citigroup por US$ 312,2 milhões

Operação faz parte da tentativa do governo americano de reaver o dinheiro usado para salvar os bancos durante a crise financeira

O CitiBank recebeu US$ 45 bilhões do Tesouro americano na crise (EXAME.com)

O CitiBank recebeu US$ 45 bilhões do Tesouro americano na crise (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 26 de janeiro de 2011 às 12h03.

Washington - O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos informou nesta quarta-feira que vendeu títulos do Citigroup por US$ 312,2 milhões, como parte da recuperação dos US$ 700 bilhões que o Governo investiu em 2008 para salvar os bancos.

O relatório informou que a venda incluiu 255 milhões de títulos classe A ao preço de US$ 1,01 por unidade, comparado com uma oferta mínima de 60 centavos fixada na segunda-feira.

O Governo também vendeu 210 milhões de títulos de classe B, ao preço de 26 centavos por unidade, comparado com uma oferta mínima de 15 centavos por unidade.

Os compradores dos títulos têm direito a adquirir um número igual de ações do Citi a um preço fixo de US$ 10,61 os títulos classe A, e de US$ 17,85 as de classe B.

Os títulos de classe A expiram no dia 31 de dezembro de 2018 e os de classe B expiram no dia 28 de outubro de 2018.

O Tesouro tinha recebido as ações, sem custo, como parte de seu investimento de US$ 45 bilhões para evitar a falência na crise financeira de 2008.

Segundo o Governo o Departamento do Tesouro, o Estado recuperou o investimento inicial e mais US$ 12 bilhões adicionais em dividendos e juros.

Acompanhe tudo sobre:BancosCitibankCitigroupCrises em empresasDívidas empresariaisEmpresasEmpresas americanasEstados Unidos (EUA)Países ricos

Mais de Mercados

B3 suspende negociação da Petrobras (PETR4) após divulgação de nova diretoria

Inflação baixou, mas Fed ficou mais conservador: o que aconteceu?

Petrobras (PETR4) paga dividendos extraordinários e regulares na próxima semana

"O corte de juros acabou e Copom unânime deve favorecer o câmbio", diz Ettore Marchetti, da EQI

Mais na Exame