Mercados

Era só críquete, diz acusado de maior fraude em hedge funds da história

Declaração de Raj Rajaratnam, dono do fundo de investimento americano Galleon, foi feita durante audiência que investigava negociações com as ações da AMD

Raj Rajaratnam teria teria lucrado 25 milhões de dólares com informações privilegiadas, mas jura que a troca de mensagens era sobre críquete (.)

Raj Rajaratnam teria teria lucrado 25 milhões de dólares com informações privilegiadas, mas jura que a troca de mensagens era sobre críquete (.)

DR

Da Redação

Publicado em 14 de maio de 2010 às 10h11.

São Paulo - O co-fundador do fundo de investimentos Galleon, Raj Rajaratnam, disse que afirmações feitas por ele por meio de mensagens de texto com um analista da RBC Capital Markets se tratavam apenas de conversas sobre críquete, e não estariam relacionadas à troca de informações sigilosas sobre a empresa AMD (Advanced Micro Devices).

"AMD em 1º de agosto, agora no dia 13", disse Rajaratnam no dia 2 de agosto de 2006. O analista do RBC respondeu: "Ei, para os tíquetes é preciso escolher o pacote B?". Quando perguntado sobre o real conteúdo da conversa pelo advogado da SEC (Securities and Exchange Commission),  Andrew Michaelson, durante uma audiência realizada em junho de 2007, o gestor respondeu: "Nós iríamos assistir críquete em Trinidad".

As declarações, reveladas hoje pela Bloomberg, revelam que Rajaratnam já era investigado antes de ser acusado em outubro do ano passado sobre negociações com informações privilegiadas em papéis do Google, a cadeia de hotéis Hilton, AMD e Sun Microsystems. Sobre o "pacote B", o investidor disse que estava relacionado aos pacotes da viagem.

"O que nós descobrimos das negociações de Raj Rajaratnam é que o segredo de seu sucesso não decorre de estratégias geniais no mercado. Ele não é o estudioso astuto dos fundamentos das empresas ou das tendências, como se pensa amplamente sobre ele", disparou o diretor da SEC, Robert Khuzami, em nota distribuída em 2009. Os ganhos ilícitos teriam chegado a 25 milhões de dólares.

 

Acompanhe tudo sobre:AçõesCorrupçãoEscândalosFraudesFundos de investimentoFundos hedgeGestores de fundosMercado financeiroProcessos judiciais

Mais de Mercados

Vale tem queda de 9% no primeiro tri e lucra R$ 1,68 bi

IBM lucra mais no 1º trimestre, mas receita decepciona

Ford amplia receita no primeiro trimestre; lucro cai para US$ 1,3 bilhão

Magazine Luiza (MGLU3) cai à mínima do ano em dia de AGO sobre grupamento de ações

Mais na Exame