Cobre recua em Londres e NY com preocupação sobre China

Por volta das 9h (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) caía 0,8%, a US$ 5.268,00 por tonelada

Londres – Os futuros de cobre operam em baixa em Londres e Nova York, pressionados mais uma vez por preocupações com a demanda futura da China, o maior consumidor mundial de metais básicos.

Por volta das 9h (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) caía 0,8%, a US$ 5.268,00 por tonelada.

Na Comex, a divisão de metais da bolsa mercantil de Nova York (Nymex), o cobre para dezembro tinha queda de 1,49%, a US$ 2,3870 por libra-peso, às 9h25 (de Brasília).

Nesta semana, a China divulgou uma queda maior do que se previa nas importações de setembro. Números recentes da inflação chinesa também vieram aquém da expectativa, reforçando temores sobre a desaceleração do gigante asiático.

Sozinha, a China responde por cerca de 45% da demanda global por cobre.

“O sentimento nos mercados de metais é pressionado por dados chineses fracos desta semana e agora os investidores aguardam a divulgação do PIB chinês do terceiro trimestre na segunda-feira, que provavelmente trará novos indícios da fraqueza da economia”, comentou Michael Hewson, analista da CMC Markets.

Entre outros metais na LME, o tom era predominantemente negativo.

O alumínio para três meses recuava 0,6%, a US$ 1.564,50 por tonelada, o zinco perdia 0,9%, a US$ 1.811,00 por tonelada, o níquel cedia 0,1%, a US$ 10.555,00 por tonelada, e o estanho tinha baixa marginal de 0,03%, a US$ 16.000,00 por tonelada. A exceção era o chumbo, que subia 0,7%, a US$ 1.807,50 por tonelada. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.