Apple ultrapassa Microsoft em valor de mercado

Companhia de Steve Jobs passa a ser a mais valiosa no setor de tecnologia
Steve Jobs, CEO da Apple, durante conferência em 2007, se diverte ao projetar imagem de Steve Ballmer, CEO da rival Microsoft (.)
Steve Jobs, CEO da Apple, durante conferência em 2007, se diverte ao projetar imagem de Steve Ballmer, CEO da rival Microsoft (.)
C
Célio YanoPublicado em 26/05/2010 às 22:59.

São Paulo - O valor de mercado da Apple ultrapassou nesta quarta-feira (26) o da gigante de software Microsoft, colocando a empresa de Steve Jobs pela primeira vez como a mais valiosa no ramo de tecnologia.

A virada ocorreu por volta das 14h30 no horário de Nova York (15h30 em Brasília). Cerca de uma hora depois, a Apple tinha valorização de 0,07%, com valor de mercado de US$ 223 bilhões. Já os papéis da fabricante do Windows caíam 4,10%, deixando a empresa com valor de US$ 216,9 bilhões.

"É a virada mais importante que eu já vi no Vale do Silício", disse o investidor de risco Jim Breyer ao The New York Times, referindo-se à região onde estão as sedes da Apple e Microsoft e outras tantas empresas de inovação científica e tecnológica.

À frente das duas empresas de tecnologia havia apenas a Exxon Mobil, cujo valor de mercado era de US$ 278,8 bilhões no mesmo momento. Em sétimo lugar no ranking, aparecia outra companhia de tecnologia, a IBM, com US$ 158,9 bilhões.

Segundo analistas de mercado, o quadro reflete uma mudança no comportamento do setor tecnologia, que nos últimos anos passou a ser controlado mais pelo gosto pessoal dos consumidores do que pelas necessidades das empresas.

A Microsoft durante décadas dominou o ramo com produtos como o sistema operacional Windows e o pacote Office. Mais recentemente, o fenômeno dos smartphones e telas touch, entretanto, acabou abrindo espaço para o crescimento da Apple, fabricante de produtos como o iPod, o iPhone e o iPad. 

Leia outras notícias sobre a Apple ou sobre a Microsoft