Mercados

Ação da Marisa sobe 4% após parceria com Magazine Luiza

Papéis do Magalu recuavam nesta manhã; companhia vai operar setor de tecnologia dentro das mais de 300 lojas da rede

Por volta das 13h15, o papel das lojas Marisa (AMAR3) avançava 4,16% na B3, negociado em 10,52 reais. (Alexandre Battibugli/Exame/Exame)

Por volta das 13h15, o papel das lojas Marisa (AMAR3) avançava 4,16% na B3, negociado em 10,52 reais. (Alexandre Battibugli/Exame/Exame)

TL

Tais Laporta

Publicado em 21 de novembro de 2019 às 13h27.

Última atualização em 21 de novembro de 2019 às 13h39.

As ações da rede de moda feminina Marisa apresentavam forte valorização nesta quinta-feira (21), após a companhia ter firmado uma parceria com a varejista Magazine Luiza para um projeto de ‘store in store’, por meio do qual o Magazine Luiza será responsável pela categoria de tecnologia em mais de 300 lojas da Marisa, conforme comunicados de ambas as varejistas nesta quinta-feira.

Por volta das 13h15, o papel das lojas Marisa (AMAR3) avançava 4,16% na B3, negociado em 10,52 reais. Desde o início do ano, a empresa acumula uma valorização de 89% na bolsa brasileira. Já a ação do Magalu (MGLU3), que também vem apresentando fortes ganhos nos últimos meses, recuava 0,2%, em 44,41 reais, por volta do mesmo horário.

Com a parceria, o Magalu vai fomentar as vendas de produtos como smartphones e acessórios, serviços digitais e seguros como garantia estendida nas lojas da rede Marisa, além de ser responsável pela estratégia comercial, disponibilidade de produtos, faturamento, financiamento, logística, contratação e gestão dos colaboradores. Já a Marisa poderá ampliar o mix de produtos e alavancar o fluxo de clientes nas lojas.

A rede de moda também estuda a possibilidade de fazer uma operação para captar recursos por meio de uma oferta pública de ações (follow-on), de
acordo com notícia do "Broadcast" na última semana. A varejista ainda não definiu ou aprovou qualquer operação nesse sentido.

Acompanhe tudo sobre:Magazine LuizaMarisa

Mais de Mercados

Reunião de Lula com Conselho Orçamentário, Boletim Focus e China: o que move o mercado

B3 suspende negociação da Petrobras (PETR4) após divulgação de nova diretoria

Inflação baixou, mas Fed ficou mais conservador: o que aconteceu?

Petrobras (PETR4) paga dividendos extraordinários e regulares na próxima semana

Mais na Exame