Inteligência Artificial

Elon Musk provoca CEO da OpenAI com montagem em que chama a empresa de 'ClosedAI'

Em meio à disputa judicial, Musk provoca Sam Altman com um trocadilho

Sam Altman, CEO da OpenAI: foto usado para montagem de Musk é de quando Altman foi contratado pela Microsoft

Sam Altman, CEO da OpenAI: foto usado para montagem de Musk é de quando Altman foi contratado pela Microsoft

André Lopes
André Lopes

Repórter

Publicado em 6 de março de 2024 às 14h06.

Última atualização em 6 de março de 2024 às 14h10.

O bilionário Elon Musk, dono da montadora Tesla e da rede social X, não está feliz com a OpenAI, empresa de inteligência artificial comandada por Sam Altman. Musk iniciou, em março, uma disputa judicial contra a OpenAI, acusando-a de quebra de contrato, violação do dever fiduciário e práticas desleais, alegando desvio da missão inicial da OpenAI de ser uma empresa de software livre em favor de lucros, especialmente após sua aproximação com a Microsoft.

Mas enquanto o processo se desenrola na justiça americana, Musk tem alfinetado a empresa e seu comando com postagens no X. A mais recente, publicada nesta quarta-feira, dia 6, é uma foto de Sam Altman segurando um crachá com a palavra "ClosedAI" escrita. A imagem é uma montagem que substitui um crachá da Microsoft, usado por Altman quando contratado temporariamente pela Microsoft, e faz trocadilho com a palavra 'closed' — fechado, em inglês — em contraposição ao "open", que significa aberto. "Concertei", escreveu Musk na postagem.

https://twitter.com/elonmusk/status/1765415187161464972

Fundada como uma organização sem fins lucrativos, a OpenAI evoluiu para uma estrutura com fins lucrativos, com a Microsoft como investidora significativa. Musk, cofundador da OpenAI, critica essa mudança, reivindicando a ideia original de uma empresa aberta e não lucrativa.

A disputa também aborda questões de governança e avanços tecnológicos, com Musk questionando o desenvolvimento de uma inteligência artificial geral (AGI) pela OpenAI, potencialmente ultrapassando os limites éticos e legais. Além do processo de Musk, a OpenAI enfrenta outras controvérsias, incluindo investigações regulatórias e ações judiciais sobre direitos autorais, destacando os desafios éticos e regulatórios no campo da IA.

Acompanhe tudo sobre:elon-muskSam Altman

Mais de Inteligência Artificial

Mira Murati, da OpenAI, responde a Elon Musk sobre integração com Apple

Musk retira processo contra OpenAI um dia após criticar acordo com Apple

O que o acordo OpenAI-Apple significa para Google e Microsoft

Mistral AI levanta US$ 645 milhões e atinge valor de US$ 6,5 bilhões

Mais na Exame