Polícia de Nova York desiste de usar cão-robô Spot

O contrato de aluguel no valor 94 mil dólares foi cancelado e o robô devolvido ao fabricante

Os notáveis avanços da robótica e da inteligência artificial levaram muitas pessoas a imaginar que logo eles começariam a conviver com seres de carne e osso em atividades que não fossem meramente industriais. Esse dia chegou, mas ele não parece mais tão promissor.

Na semana passada, após causar polêmica entre residentes e políticos de Nova York, o Departamento de Polícia da cidade decidiu por não implantar o cão-robô Spot no patrulhamento local. O aluguel do dispositivo inventado pela Boston Dynamics foi cancelado e o droide foi devolvido ao fabricante.

A força policial planejava testar o Spot (que apelidou de Digidog) até o término do contrato de locação em agosto. Críticos da ideia apontavam que o robô poderia violar a privacidade dos novaiorquinos. Bill Neidhardt, porta-voz do prefeito Bill de Blasio, disse ao jornal NY Times que estava “feliz que o Digidog foi cancelado”, acrescentando que a máquina é “assustadora e envia uma mensagem errada aos nova-iorquinos”.

Antes de cancelar o acordo em 22 de abril, o NYPD planejava gastar 94 mil dólares com o aluguel. No entanto, a bagatela seria suficiente para comprar o robô que hoje custa 74 mil dólares no varejo.

  • Quer saber tudo sobre o desenvolvimento e eficácia de vacinas contra a covid-19? Assine a EXAME e fique por dentro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.