Inovação
Acompanhe:

Apple inaugura primeira loja flutuante do mundo; veja fotos

Loja em Singapura também é a primeira a ter uma sala embaixo da água voltada para os desenvolvedores da Apple

Apple: loja será inaugurada em 10 de setembro (Suhaimi Abdullah/Getty Images)

Apple: loja será inaugurada em 10 de setembro (Suhaimi Abdullah/Getty Images)

T
Tamires Vitorio

8 de setembro de 2020, 12h39

A Apple vai inaugurar sua primeira loja flutuante no dia 10 de setembro em Singapura, no Marina Bay Sands, um dos principais hoteis e cassinos no local. Em formato de esfera, a estrutura da loja é feita com 114 peças de vidro e permite uma visão de 360 graus da cidade. 

A nova loja é a 512ª da Apple globalmente desde 2001, quando foi inaugurada a primeira, e a terceira em Singapura. Em seu site oficial, a empresa define o projeto como "o mais ambicioso do varejo da Apple".

A companhia também afirma que o design da loja foi inspirado pelo Panteão, em Roma e que oferece um "raio de luz que viaja até o espaço". A loja não é somente diferente das outras por fora: por dentro ela foi totalmente projetada para que os raios de sol atinjam os ângulos certos e que a iluminação noturna seja garantida.

A loja também é a primeira a ter uma sala embaixo da água voltada para os desenvolvedores da Apple se reunirem, no andar mais baixo do ambiente.

Por conta da pandemia do novo coronavírus e das regras de distanciamento social, a loja terá sua inauguração limitada para clientes que se cadastraram no evento previamente --- e todos os horários já estão esgotados.

A inauguração acontece em um período de bons ventos para a Apple. Em agosto a empresa se tornou a primeira americana a ter um valor de mercado de 2 trilhões de dólares.