Visa compra NFT por R$800.000 e compara tecnologia ao início da internet

Gigante de pagamentos adquire item da coleção CryptoPunks por quase 50 ETH e diz que NFTs podem mudar o futuro do varejo, do entretenimento e do comércio
 (Visa/Divulgação)
(Visa/Divulgação)
Por Gabriel RubinsteinnPublicado em 23/08/2021 11:44 | Última atualização em 23/08/2021 17:33Tempo de Leitura: 4 min de leitura

A gigante de pagamentos Visa, que já vem demonstrando interesse pelo mercado de criptoativos há algum tempo, inclusive com serviços ligados ao setor e otimismo quanto ao uso de ativos digitais como meio de pagamento, anunciou a compra do seu primeiro NFT. E não foi qualquer NFT: a empresa comprou o CryptoPunk 7610, por 49,5 ETH, equivalente no momento da negociação a cerca de 150 mil dólares, ou pouco mais de 806 mil reais.

Em texto chamado "NFTs Marcam Novo Capítulo para o Comércio Digital", publicado em seu site oficial com o anúncio da aquisição, a companhia compara os NFTs com os primeiros dias da internet: "Nos primeiros dias da Internet, muitos eram céticos quanto à utilidade da World Wide Web e adicionar os dados do seu cartão de crédito em um website em um voto de confiança. Hoje isso é tão comum que as pessoas nem se recordam. Voltemos para o presente. As criptomoedas e os tokens não fungíveis (NFTs) estão ganhando tração, fazendo manchetes, mas muitos ainda estão coçando a cabeça".

Chefe de criptoativos da Visa, Cuy Sheffield também comparou os NFTs com o início do comércio eletrônico, quando pequenas empresas passaram a ter o poder de vender online e alcançar clientes em todo o mundo: "Os NFTs oferecem às pequenas empresas a oportunidade de aproveitar blockchains públicos para a produção de bens digitais - que podem ser entregues instantaneamente em uma carteira criptografada", escreveu. "Podemos imaginar um futuro no qual seu endereço criptográfico se tornará tão importante quanto seu endereço de correspondência".

Para ele, os NFTs poderão causar grandes mudanças nas relações comerciais do futuro: "Acreditamos que os NFTs desempenharão um papel importante no futuro do varejo, nas mídias sociais, no entretenimento e no comércio. Para ajudar nossos clientes e parceiros a participar, precisamos entender em primeira mão os requisitos de infraestrutura de uma marca global para comprar, armazenar e alavancar um NFT", completou.

Os CryptoPunks são pequenos desenhos de 24x24 pixels, com aparência estilo 8-bit, criados em 2017 e que ganharam fama como uma das primeiras coleções de arte em tokens não-fungíveis. Foram criados apenas 10 mil desenhos, com visuais semelhantes e características que os distinguem entre si - gênero, cor da pele, acessórios e até modelos como aliens e zumbis.

cryptopunks

CryptoPunks (LarvaLabs/Divulgação)

A depender da combinação dessas características, o CryptoPunk é mais ou menos raro - e mais ou menos valioso. O CryptoPunk 7610 adquirido pela Visa é um dos 3.840 "punks", como são conhecidos, do sexo feminino. Recentemente, um lote de nove "punks" que fazem parte dos mil primeiros a serem emitidos, foram vendidos em leilão da Christie's por quase 17 milhões de dólares - mais de 90 milhões de reais.

A Visa possui uma ampla coleção de arte e objetos relacionados à história do comércio, como os primeiros cartões de crédito da história, feitos de papel, e equipamentos manuais utilizados para registrar transações com cartões antes da criação dos terminais eletrônicos nos pontos de venda. "Sentimos que CryptoPunks seriam um ótimo acréscimo à nossa coleção de artefatos que podem mapear e celebrar o passado, o presente e o futuro do comércio", disse Sheffield, ao site The Block.

O mercado de NFTs está bastante aquecido, com diversas plataformas, de diferentes setores, mas que têm em comum o uso da tecnologia movimentando cifras milionárias nos últimos 30 dias. Apenas o jogo Axie Infinity movimentou 845 milhões de dólares, segundo o site CryptoSlam, que monitora as atividades de plataformas que usam NFTs. Os CryptoPunks, outros 344 milhões de dólares no mesmo período - logo após a compra da Visa, outros 90 "punks" foram negociados em menos de uma hora, somando 20 milhões de dólares nas negociações.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube