Acompanhe:

Sympla quer acabar com a falsificação e anuncia ingressos tokenizados para shows, festas e eventos

Grande empresa do setor de ingressos no Brasil anuncia que irá aderir aos ingressos tokenizados para combater a falsificação e trazer novas vantagens para os usuários de ingressos virtuais, incluindo um mercado secundário para revenda

Modo escuro

Continua após a publicidade
Curso de Inteligência Artificial para Negócios da EXAME está com desconto  (Getty Images/Reprodução)

Curso de Inteligência Artificial para Negócios da EXAME está com desconto (Getty Images/Reprodução)

Há 11 anos no mercado de ingressos, a Sympla anunciou com exclusividade à EXAME nesta quinta-feira, 23, novidades no aplicativo e a tokenização de ingressos, que passarão a ser tokens não fungíveis (NFTs).

A intenção é melhorar a experiência do usuário ao mesmo tempo que garante a segurança e autenticidade dos ingressos, cada vez mais falsificados ou envolvidos em golpes de cambistas.

“Um dos maiores desafios do setor de entretenimento e eventos hoje é a regularidade e revenda de ingressos falsos, gerando prejuízos principalmente para consumidores que acreditam estar adquirindo um ingresso legítimo. Nesse contexto, a Sympla garante, com esse passo crucial, uma camada adicional de segurança tanto para os produtores quanto para os compradores. Isso evidencia o compromisso da empresa em fornecer soluções inovadoras e seguras para eventos, estabelecendo um novo padrão na indústria. Com ingressos tokenizados e um novo aplicativo repleto de recursos, a Sympla está pavimentando o caminho para o futuro do entretenimento e das experiências de eventos", disse Roberto Mameli, CTO da Sympla.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Ingressos tokenizados

Através da tecnologia blockchain, a Sympla poderá garantir que cada ingresso tokenizado tem características únicas registradas na rede. Dessa forma, os ingressos se tornarão facilmente rastreáveis e não poderão ser duplicados, o que irá ajudar a combater a falsificação e golpes envolvendo ingressos de shows, festas e grandes eventos, prática que tem se tornado comum no Brasil.

Os ingressos tokenizados serão emitidos utilizando a solução Polygon PoS com a colaboração da infraestrutura da Lumx, startup da Web3 investida pelo banco BTG Pactual que é responsável pelos NFTs da Reserva e já desenvolveu projetos para Meta, Coca-Cola e outras grandes marcas.

A Sympla já emitiu mais de 168 milhões de ingressos até hoje e enxerga valor na tecnologia blockchain para melhorar o setor de eventos. No entanto, os ingressos tokenizados ainda não serão oferecidos para todos os eventos da plataforma.

Roberto Mameli, CTO da Sympla, explicou à EXAME que “a tokenização gera valor e oportunidade de segurança, conhecimento e fidelidade dos consumidores não só para a Sympla mas também pra os produtores. Vamos trabalhar juntos com os produtores pra oferecer definir e customizar o programa de tokenização e o valor tanto comercial quanto até de marca e de imagem que a tokenização oferece”, esclarecendo que não haverá custo adicional para os organizadores de eventos que optarem por aderir à tecnologia. “Não vai ter custo adicional, vai ter retorno adicional”, disse.

Mercado secundário de ingressos

Além disso, a empresa anuncia o projeto pensando também no mercado secundário de ingressos, muito utilizado por aqueles que desistem de comparecer a determinado evento mesmo depois de já terem comprado o ingresso.

“Essa inovação abre caminho para a criação de um mercado secundário de ingressos mais eficiente e seguro. A Sympla introduziu um modelo de royalties nas vendas secundárias, permitindo que os produtores também lucrem quando um ingresso é revendido. Essa abordagem não só beneficia os produtores, mas também ajuda a reduzir drasticamente a atuação de cambistas e a venda de ingressos falsos, garantindo que todos os envolvidos desfrutem de uma experiência mais transparente e confiável”, afirmou a Sympla em um comunicado.

Para além da segurança, o projeto acredita que novas possibilidades envolvendo a coleção de ingressos podem ser interessantes para o usuário que gostaria de guardar o ingresso de um show, por exemplo. Tokenizados, os ingressos poderão ser armazenados na plataforma e dar o direito a benefícios.

Em uma próxima etapa do projeto, revelou a Sympla, a empresa pretende investir nisso e oferecer um protocolo que valida se você participou de um evento e gamificação. Iniciativas de fidelização e créditos dentro da plataforma também são possibilidades no horizonte da empresa.

Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Bitcoin e outras criptos mantêm preço com pouca variação; saiba no que ficar de olho esta semana
Future of Money

Bitcoin e outras criptos mantêm preço com pouca variação; saiba no que ficar de olho esta semana

Há 3 horas

Justiça aprova acordo de R$ 20 bilhões entre Binance e autoridades dos EUA
Future of Money

Justiça aprova acordo de R$ 20 bilhões entre Binance e autoridades dos EUA

Há 3 horas

MicroStrategy sofre invasão no X e usuários perdem R$ 4 milhões com cripto falsa
Future of Money

MicroStrategy sofre invasão no X e usuários perdem R$ 4 milhões com cripto falsa

Há 4 horas

Prefeitura de SP usa blockchain em serviços do 156 e vê maior segurança com a tecnologia
Future of Money

Prefeitura de SP usa blockchain em serviços do 156 e vê maior segurança com a tecnologia

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais