Future of Money

ONG referência em inclusão na Web3 anuncia iniciativa para mulheres em parceria com a UNICEF

Educar+, ONG focada em Web3 nas favelas do Rio de Janeiro, lança iniciativa com a UNICEF para ampliar oportunidades das mulheres no acesso às novas tecnologias

Metaverso: 3 mitos e 2 verdades sobre a maior tendência tecnológica da década (Getty Images/Getty Images)

Metaverso: 3 mitos e 2 verdades sobre a maior tendência tecnológica da década (Getty Images/Getty Images)

Cointelegraph
Cointelegraph

Agência de notícias

Publicado em 19 de outubro de 2023 às 14h00.

Na última quarta-feira, 18, a ONG Educar+ anunciou a abertura das inscrições para o programa Mulheres do Futuro, criado em parceria com a iniciativa Um Milhão de Oportunidades (1MiO) e com o apoio do metaverso Upland. O objetivo do programa é dar formação tecnológica e fomentar a inclusão de mulheres e meninas da Pavuna e do Complexo do Chapadão, ambas regiões do Rio de Janeiro.

Representatividade e inclusão

O Mulheres do Futuro terá duração de seis meses, com aulas presenciais uma vez por semana na sede do Educar+, na favela do Final Feliz. As candidatas podem se inscrever até o dia 30 de outubro de 2023.

O curso será realizado às sextas-feiras, com três turmas de até dez meninas. As aulas terão duração de 2 horas, totalizando 40 horas de curso. O Programa Mulheres do Futuro, diz a Educar+, representa um compromisso com a capacitação e inclusão de meninas e mulheres na tecnologia, preparando-as para um futuro no cenário digital.

O Educar+, referência em inclusão na Web3 e empoderamento do território periférico através da tecnologia, afirma que o objetivo do programa é ampliar as oportunidades de acesso às novas tecnologias, desenvolvimento profissional e emprego digno. Para isso, foi desenvolvida uma trilha de aprendizagem que abrange os módulos de Habilidades Digitais, Web3 e Empregabilidade.

yt thumbnail

Além disso, todos os módulos criados estão alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, em especial, os ODS 4 e 5. Esses objetivos têm como foco o desenvolvimento de educação de qualidade e igualdade de gênero, respectivamente.

Ao concluir o programa, espera-se que as participantes estejam preparadas para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades do mercado de trabalho.

“O Educar+ carrega como missão impactar o máximo de vidas possível utilizando a tecnologia. Para isso, nos fortalecemos através de parcerias sólidas que nos fornecem as ferramentas para que a nossa missão aconteça”, diz Carol Santos, CEO e Fundadora da ONG que já foi indicada à categoria Mulher na Web3 pelo prêmio Women in Tech Awards, por suas ações junto ao Educar+.

Santos acrescenta que foi a parceria com o Um Milhão de Oportunidades (1MiO), iniciativa da UNICEF, que tornou esse projeto possível. O 1MiO é uma coalizão que mobiliza empresas, sociedade e governo em busca de promover a capacitação de jovens e adolescentes entre 14 e 29 anos em situação de vulnerabilidade.

A UPLAND, parceria da UNICEF desde dezembro de 2022, também é parceira do programa Mulheres do Futuro. A empresa focada na Web3 já vendeu mais de R$ 300 mil em vendas de NFTs, e toda a verba será revertida em ações de educação da UNICEF no Brasil.

"Em uma coalizão inédita, a UNICEF lança o Game Changers Coalition para permitir que meninas e mulheres acessem o mundo do trabalho por meio da indústria dos games e tecnologia. Essa iniciativa chega no Brasil por meio do 1MiO, em um esforço para capacitar meninas e mulheres no currículo STEAM, como um processo indispensável para a superação da desigualdade de gênero”, explica Felipe Gonzalez, oficial da UNICEF para a iniciativa 1MiO.

Gonzalez acrescenta que a UNICEF, através do do 1MiO, mapeia e apoia iniciativas como a Educar+, visando fortalecer “um ecossistema formativo capaz de reverberar uma mudança sistêmica”. Levar capacitação para as adolescentes e jovens da Pavuna e Complexo do Chapadão, portanto, traduz o esforço da iniciativa para prepará-las para um futuro cada vez mais inovador e digital.

A melhor experiência e atendimento em português. Ninguém merece consultar o tradutor online enquanto tem problemas com o suporte, por isso, a Mynt tem atendimento humanizado 24 horas e em português. Abra sua conta e tenha uma experiência única ao investir em crypto.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Acompanhe tudo sobre:ONGsFavelasWeb3

Mais de Future of Money

Blockchain Poldkadot anuncia parceria com UTFPR para reforçar aposta no Brasil

Donald Trump lançou criptomoeda própria? Rumor faz ativo disparar mais de 100%

Inteligência artificial, blockchain e mais: qual será a tecnologia dos empregos do futuro?

CEO da Binance diz que bitcoin vai valer US$ 80 mil até o fim de 2024

Mais na Exame