Acompanhe:

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aprovou, dentro do seu Sandbox Regulatório, a criação e lançamento de tokens que estarão atrelados aos lucros de uma usina de energia solar no Brasil. A ação faz parte dos testes que o regulador tem realizado em torno da tecnologia de tokenização de ativos.

A empresa que realizará a emissão dos tokens é a estar finance, que integra o Sandbox. Ela poderá vender os chamados tokens RWA (ativos do mundo real, em tradução), que serão criados no blockchain Stellar. Os tokens estarão vinculados à usina em Patos de Minas da TMX Energia.

Por meio dos tokens, os investidores vão receber dividendos mensalmente, em uma quantia equivalente ao total de tokens adquiridos.

A listagem em mercado secundário é referente a uma oferta de R$ 3,95 milhões, captada pela Blox, plataforma de crowdfunding parceira da iniciativa. Os investidores terão acesso aos dividendos originados do lucro da unidade direto na carteira digital da estar, e os tokens podem ser adquiridos a partir de R$ 10.

Segundo informou a empresa ao Cointelegraph, mensalmente, após medição e apuração da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), a empresa calcula a receita alcançada com a quantidade de energia gerada na usina e repassa uma porcentagem aos detentores dos tokens.

“Ao se tornar parte da plataforma, qualquer pessoa tem acesso instantâneo a ativos tokenizados e a possibilidade de realizar negociações imediatamente. O investidor pode comprar cotas bem menores do que na captação primária. A exemplo da TMX, na qual a cota mínima de investimento era R$10 mil. Com tokens a R$10, você consegue comprar 0,01% da cota oferecida no primário” afirma Pedro Rodrigues, CEO da estar finance.

A plataforma é sincronizada com o funcionamento do mercado, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. A ideia, segundo a estar finance, é que não haverá cobrança de taxas de saque ou de negociação. Entretanto, haverá cobrança de taxa da instituição de pagamento do cliente no depósito de valores.

“Introduzimos uma tecnologia inédita no mercado, para elevar a velocidade, agilidade, transparência e segurança de investimentos realizados via crowdfunding pela ICVM 88”, comenta Rodrigues. Após o término da rodada com sucesso, o emissor inicia o processo de listagem no mercado secundário, como ocorrerá agora.

Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.  

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Blockchain Sui atrai R$ 1,5 bilhão em 30 dias e supera concorrentes no mercado
Future of Money

Blockchain Sui atrai R$ 1,5 bilhão em 30 dias e supera concorrentes no mercado

Há 13 horas

Presidente da CVM diz que criptoativos não são inimigos e quer mais 10 milhões de investidores na B3
Future of Money

Presidente da CVM diz que criptoativos não são inimigos e quer mais 10 milhões de investidores na B3

Há 14 horas

Edward Snowden: bitcoin é o maior avanço monetário desde a criação das moedas
Future of Money

Edward Snowden: bitcoin é o maior avanço monetário desde a criação das moedas

Há 16 horas

Vitalik Buterin diz que IA pode ajudar Ethereum a superar seu 'maior risco técnico'
Future of Money

Vitalik Buterin diz que IA pode ajudar Ethereum a superar seu 'maior risco técnico'

Há 17 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais