Acompanhe:

Os investidores de criptomoedas obtiveram quase US$ 900 em lucros líquidos em média em 2023 em um "contraste gritante" com 2022, que viu bilhões serem pulverizados em meio ao colapso de várias empresas do setor, de acordo com dados do provedor de software de impostos sobre criptomoedas CoinLedger.

A CoinLedger analisou relatórios de 500 mil de seus usuários e descobriu que, em média, o investidor de criptomoedas embolsou US$ 887,60, ou cerca de R$ 4.400 em lucros realizados em 2023, quando o mercado começou a se recuperar:

"Isso representa uma grande melhoria em relação a 2022 - quando o investidor de criptomoedas realizou prejuízos de US$ 7.102, em média."

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Lucros e prejuízos realizados ocorrem quando um investidor negocia criptomoedas por um preço diferente daquele pelo qual as adquiriu inicialmente. Para fins fiscais nos Estados Unidos, um evento de alienação normalmente envolve a transferência de criptomoedas para uma carteira que não é de propriedade do investidor, como quando ela é vendida em uma exchange.

O CEO da CoinLedger, David Kemmerer, disse que os resultados sinalizam um possível ressurgimento do mercado de criptomoedas.

"Após o colapso da FTX, o ecossistema de criptomoedas viu uma queda livre nos preços dos ativos. Essa recuperação recente destaca a resiliência do setor."

Ao longo de 2022, a capitalização total do mercado de criptomoedas caiu mais de US$ 1,5 bilhão devido ao colapso de várias empresas e projetos, incluindo o ecossistema Terra LUNA, a exchange de criptomoedas FTX e os credores de criptomoedas Celsius e Voyager.

Ganhos e perdas realizados ocorrem quando um investidor aliena ou vende criptografia por um preço diferente daquele pelo qual a adquiriu inicialmente. Para efeitos fiscais nos Estados Unidos, um evento de alienação normalmente envolve uma carteira que não é propriedade do investidor, como quando é vendida numa bolsa.

No entanto, em 2023, a maré mudou em meio aos colapsos bancários nos EUA e ao otimismo em relação ao lançamento de fundos negociados em bolsa de bitcoin à vista, que acabaram sendo aprovados em janeiro deste ano.

"Os dados sustentam a narrativa de que os detentores de bitcoin são menos propensos a se desfazer de suas moedas do que os investidores de outras criptomoedas", disse a CoinLedger.

Kemmerer disse ao Cointelegraph que 80% de seus usuários estão baseados nos EUA, embora os dados também incluam usuários de Austrália, Canadá e outros países.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Worldcoin: criptomoeda de dono do ChatGPT dispara 100% com interesse em IA
Future of Money

Worldcoin: criptomoeda de dono do ChatGPT dispara 100% com interesse em IA

Há 4 horas

Com bitcoin em US$ 52 mil, outra criptomoeda se destaca por alta de mais de 25%
Future of Money

Com bitcoin em US$ 52 mil, outra criptomoeda se destaca por alta de mais de 25%

Há 4 horas

Ether pode ser próximo "queridinho" dos investidores institucionais, diz gestora de R$ 3 trilhões
Future of Money

Ether pode ser próximo "queridinho" dos investidores institucionais, diz gestora de R$ 3 trilhões

Há 4 horas

Criptomoedas avançam entre os investimentos mais procurados do Brasil
Future of Money

Criptomoedas avançam entre os investimentos mais procurados do Brasil

Há 6 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais