Esporte

Três pessoas são condenadas na Espanha por racismo contra Vini Jr.

Essa é a primeira condenação do país nesse contexto; caso aconteceu em jogo do Real Madrid contra Valencia

 (Redes sociais/Divulgação)

(Redes sociais/Divulgação)

Publicado em 10 de junho de 2024 às 09h44.

Última atualização em 10 de junho de 2024 às 09h46.

Três pessoas foram condenadas a oito meses de prisão na Espanha por injúrias racistas ao jogador Vinicius Jr. Essa é a primeira condenação no país por um caso de racismo no futebol. Agora, eles também estão proibidos de entrar em qualquer estádio de futebol espanhol durante dois anos.

Torcida do Valencia

O jogador brasileiro do Real Madrid lida desde 2023 com casos de racismo da torcida, principalmente depois da partida de maio entre o Real Madrid e o Valencia. Na ocasião, após ser insultado por torcedores, Vini Jr. reclamou imediatamente com o juiz, que interrompeu o jogo.

Uma confusão se formou, e um jogador do Valencia deu uma chave de braço em Vinicius Jr., que, ao se desvencilhar, atingiu outro adversário no rosto e foi expulso.

As três pessoas identificadas e condenadas estavam entre os torcedores do Valencia que xingaram Vinicius Jr. de "macaco" nesse episódio. Um deles foi identificado por Vinicius Jr. ao final do jogo. A polícia encontrou outros dois através de câmeras instaladas no estádio.

"A LaLiga conseguiu a primeira sentença condenatória na Espanha por insultos racistas no futebol", disse, em comunicado, a LaLiga, a liga espanhola de futebol profissional espanhola que participou com parte na acusação no processo.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou o episódio e cobrou mais ações antirracistas no futebol, e o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, também manifestou solidariedade com Vinicius Jr.

Acompanhe tudo sobre:EsportesReal MadridRacismo

Mais de Esporte

Fórmula 1 pode viver sem Mônaco, diz chefe da McLaren

Brasil fecha etapa do World Series de natação com 24 medalhas

GP do Canadá de F1 2024: horários e onde assistir ao vivo a corrida final

Endrick decide e Brasil bate México em preparação para a Copa América

Mais na Exame