Esporte

Finais NBA: Miami Heat reage no último quatro e empata série com Nuggets

Depois de passar a maior parte do jogo atrás no placar, a equipe da Flórida esbanjou experiência no último quarto para tomar a frente e controlar a vantagem

NBA: O Heat foi para o último quarto perdendo por cinco pontos (Matias J. Ocner/Miami Herald/Tribune News Service/Getty Images)

NBA: O Heat foi para o último quarto perdendo por cinco pontos (Matias J. Ocner/Miami Herald/Tribune News Service/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 5 de junho de 2023 às 06h35.

O Miami Heat voltou a mostrar a resiliência que o caracterizou em todos os playoffs para empatar as finais da NBA na noite deste domingo. Depois de passar a maior parte do jogo atrás no placar, a equipe da Flórida esbanjou experiência no último quarto para tomar a frente e controlar a vantagem: vitória por 111 a 108 em plena Ball Arena, em Denver.

A noite teve grandes atuações de Gabe Vincent (23 pontos), Jimmy Butler (21) e Bam Adebayo (21), que superaram na base da coletividade uma atuação de 41 pontos e 11 rebotes de Nikola Jokic. Jamal Murray foi outro destaque do Denver, com 18 pontos.

O Heat foi para o último quarto perdendo por cinco pontos. Martelaram muito com Duncan Robinson, mas só tomariam a frente com bola de três de Gabe Vincent, principal jogador da equipe de Erik Spoelstra na noite.

O Denver, que teve ótimos momentos na noite e chegou a liderar por 15 pontos, passou quase quatro minutos sem pontuar com bola em jogo, apenas em lances livre, no último quarto. O momento foi decisivo para que o Heat carregasse a vantagem até o fim. Murray ainda teve a chance de empatar com arremesso de três nos segundos finais, mas não cosneguiu converter. Agora, a série vai para Miami. As equipes volta a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 21h30.

Como foi o jogo 2 entre Heat e Nuggets?

No primeiro quarto, o Heat mostrou que o péssimo aproveitamento nos arremessos de longe do jogo 1 ficou para trás. Max Strus acertou nada menos que quatro bolas de três para colocar o Heat na frente (26 a 23), mesmo com o Denver aproveitando bem as chances em transição.

Mas o domínio seria curto naquele momento. No segundo quarto, Jamal Murray chamou a responsabilidade e acelerou o ritmo do jogo. O Heat sofreu e se descontrolou mentalmente com as rápidas trocas de passe do time de Denver, que logou tomou a frente do placar.

O quarto ficou marcado por uma linda enterrada de Murray após Strus ter a bola roubada. Os Nuggets chegaram a ter 15 pontos de vantagem, mas viram a diferença ser cortada em bons momentos de Gabe Vincent e Jimmy Butler, que acharam espaço dentro e fora do garrafão. Os donos da casa foram para o intervalo vencendo por 57 a 51.

Quem assistiu apenas ao terceiro quarto da partida diria que o jogo foi uma aula de basquete de Jokic. Foi quando o sérvio brilhou no seu melhor estilo. Num jogo mais físico, era ele quem encontrava espaços, seja entre defensores ou tirando da cartola um arremesso mais longo quando a defesa do Heat dava passos para trás. Foi assim que terminou com atuação monstruosa, sendo 31 pontos até o fim do terceiro quarto.

Acompanhe tudo sobre:NBABasquete

Mais de Esporte

Messi pode quebrar novos recordes pela Argentina na Copa América 2024; entenda

Flamengo x Bahia: onde assistir, horário e escalações pelo Brasileirão

Palmeiras x RB Bragantino: onde assistir, horário e escalações pelo Brasileirão

Mais na Exame