Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

CBF: Ednaldo Rodrigues é deposto do cargo e presidente do STJD assume como interino

A decisão foi tomada nesta quinta-feira pelos desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Novas eleições serão definidas daqui 30 dias

Modo escuro

Continua após a publicidade
CBF: Ednaldo assumiu entidade em agosto de 2021 em meio a denuncias de assédio sexual contra Rogério Cabloco, presidente na ocasião (Lucas Figueiredo/CBF/Reprodução)

CBF: Ednaldo assumiu entidade em agosto de 2021 em meio a denuncias de assédio sexual contra Rogério Cabloco, presidente na ocasião (Lucas Figueiredo/CBF/Reprodução)

O presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ednaldo Rodrigues, foi deposto do cargo. A decisão foi tomada nesta quinta-feira,7, pelos desembargadores da 21a Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Eles definiram ainda que o presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), José Perdiz, assuma a CBF pelo prazo de 30 dias para que conduza uma nova eleição.

Além de Ednaldo, também foram afastados os oito vices-presidentes da entidade, Antônio Aquino Lopes, Fernando Sarney, Francisco Noveletto, Hélio Cury, Marcus Vicente, Reinaldo Carneiro Bastos, Roberto Góes e Rubens Lopes.

A decisão passa a valer assim que ela for publicada, o que deve acontecer na segunda-feira,10, pois amanhã é feriado na Justiça e hoje a CBF já não tem funcionários, devido a férias coletiva.

Ednaldo assumiu entidade em agosto de 2021 em meio a denuncias de assédio sexual contra Rogério Cabloco, presidente na ocasião. Na época, o dirigente pegou uma Seleção Brasileira com técnico e coordenador escolhidos pela gestão anterior, que no caso era Tite, hoje treinador do Flamengo.

Por que Ednaldo Rodrigues foi deposto da CBF?

Em 2018, o MPRJ moveu uma ação contra a CBF por entender que o estatuto da entidade estava em desacordo com a Lei Pelé, que previa peso igualitário entre federações e clubes. Porém, no meio do caminho, o então presidente da CBF, Rogério Caboclo, foi afastado do cargo por causa de denúncias de assédio sexual.

Ednaldo Rodrigues, que era vice à época, assumiu como interino e negociou o TAC com o MPRJ. A eleição de Caboclo foi anulada, outra marcada e o próprio Ednaldo eleito.

O questionamento dos demais vices que faziam parte da administração de Caboclo é que eles não foram consultados sobre o acordo e que foram prejudicados pelo seu desdobramento, já que também precisaram sair de seus cargos. Além disso, dizem que o juízo de 1º grau não tinha competência para homologar o acordo.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Seleção brasileira perde para Argentina e fica fora dos Jogos de Paris

Esporte

Seleção brasileira perde para Argentina e fica fora dos Jogos de Paris

Há 3 horas

Brasil supera Argentina e conquista Copa América de futsal

Esporte

Brasil supera Argentina e conquista Copa América de futsal

Há 4 horas

Corinthians e Ferroviária avançam para semi da Supercopa do Brasil

Esporte

Corinthians e Ferroviária avançam para semi da Supercopa do Brasil

Há 4 horas

Conheça os jogadores de Chiefs e 49ers que podem fazer diferença no Super Bowl 2024

Esporte

Conheça os jogadores de Chiefs e 49ers que podem fazer diferença no Super Bowl 2024

Há 15 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas
EXAME Agro

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais