Acompanhe:

O SDGs Pionners, prêmio dado pelo Pacto Global da ONU, já tem os seus dois vencedores  brasileiros de 2023: Rodolfo Nardez Sirol, diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade da CPFL Energia, e Ana Paula Ribeiro Bastos Arbache, chief innovations officer e sócia fundadora da Arbache Innovations Tecnologia Educacional, são os ganhadores nas categorias “Grandes Empresas” e “Pequenas e Médias Empresas”, respectivamente.

O prêmio SDGs Pionners é entregue para pessoas que desenvolvam um projeto de grande impacto na empresa, alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Nesta etapa, são reconhecidos os vencedores locais. Depois, o Pacto Global reconhecerá, em setembro deste ano, os vencedores globais.

Rodolfo Sirol foi premiado por sua atuação de mais de 10 anos na CPFL, onde construiu a primeira Plataforma de Sustentabilidade da companhia. Depois, o Plano de Sustentabilidade 2020-2024, estratégia estruturada com 15 compromissos públicos conectados aos ODS, que, em 2022, avançou para o Plano ESG 2030, com 23 compromissos mais ambiciosos e abrangentes frente à Agenda 2030 da ONU, como ser carbono neutro a partir de 2025 – prazo pioneiro no setor, gerar energia 100% renovável, e promover compras sustentáveis com pelo menos 85% de todo o valor desembolsado até 2030.

Com isso, contribuiu efetivamente para os ODS3 (assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades), ODS7 (assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos), ODS13 (tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos) e ODS17 (fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável).

“Agradeço por este reconhecimento, que é resultado de uma jornada de resiliência e avanços nas agendas da sustentabilidade, e dos ODS. Pude contar com ajuda e apoio de pessoas incríveis: líderes, colegas e equipes do Grupo CPFL Energia, que não hesitaram em ampliar nossa ambição e traduzi-la em compromissos poupáveis para nosso meio ambiente, sociedade e desenvolvimento empresarial. Também agradeço ao Pacto Global da ONU no Brasil e parceiros do Board por todas as ações que realizamos juntos”, diz Sirol, que, até abril de 2023, presidiu o Conselho de Administração do Pacto Global da ONU no Brasil

Já Ana Paula, uma das pessoas à frente da HRTech e EdTech Arbache Innovations, lidera a plataforma Mundo Melhor de Empoderamento Feminino, a qual criou o inovador e premiado projeto de uma Plataforma digital e gratuita que insere Inteligência artificial, elementos de gamificação e storytelling a: Gameoteca educação para os direitos humanos e diversidade. Além dos acessos públicos gratuitos, os dados coletados abastecem um banco de dados em educação para direitos humanos e diversidade favorecendo a realização de people analytics e registros de dados para relatórios ESG.

A gameoteca teve destaque em eventos nacionais e internacionais e, foi solicitada por outras empresas para auxiliar no debate e avanço do tema, com atuações efetivas para os ODS4 (assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos), OD5 (alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas), ODS8 (promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos) e ODS10 (reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles).

“Receber essa premiação é altamente significativa para mim. Eu sou professora alfabetizadora de formação, sempre acreditei que a educação transforma a vida, as pessoas e contribui para um mundo melhor e mais digno. Quando me tornei líder busquei, obstinadamente, colocar meu propósito em ação: trazer as tecnologias e inovações que tinha disponíveis em nossa empresa, para educar para os direitos humanos e a diversidade. Quem recebe esse prêmio junto comigo, são meus sócios e minha equipe e todas as meninas, jovens e mulheres que acreditam que é possível transformar a vida por meio da educação, particularmente as voluntárias do coletivo HubMulher, do qual sou fundadora! Minha história se guia por esse propósito e é o que me fez chegar até aqui!”, comemora.

Metodologia do SDGs Pionners

Para esta etapa, o Pacto Global da ONU no Brasil recebeu inscrições até 15 de maio de 2023. Os candidatos foram avaliados por uma banca de especialistas formada por representantes do governo, sociedade civil, setor privado e academia.  Para participar do SDG Pioneers, é necessário que a empresa do candidato faça parte do Pacto Global da ONU no Brasil desde, pelo menos, primeiro de outubro de 2022 e tenha feito, no mínimo, uma Comunicação de Progresso (CoP).

“As empresas são parte fundamental da Agenda 2030 e precisamos que elas atuem cada vez mais pelos ODS. Temos visto o crescente engajamento das lideranças na busca pelos ODS e reconhecer esses trabalhos também é parte fundamental do trabalho do Pacto Global da ONU. Essa troca de conhecimento é muito importante e agora mais uma vez vamos mostrar para outras redes o que o setor privado brasileiro tem feito e pode fazer para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que são comuns para todas e todos. Comuns e mandatórios”, afirma Carlo Pereira, CEO do Pacto Global da ONU no Brasil.

O SDG Pioneer é entregue desde 2016, e as vencedoras e vencedores brasileiros foram: Sonia Consiglio Favaretto (2016), Ulisses Sabará (2016), Tânia Conte Cosentino (2017), Danielle Pieroni (2018), Juliana Oliveira (2019), Karine Bueno (2020) e Denise Hills (2022).

Além do Brasil, as redes locais que participam desta edição do SDGs Pioneers são: Bangladesh, Índia, Holanda, Canadá, Itália, Quênia, Reino Unido, Líbano, África do Sul, Estados Unidos, França, Georgia e Bulgária.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Governo brasileiro se manifesta pela 1ª vez sobre explosões no Irã e pede 'máxima contenção'
Brasil

Governo brasileiro se manifesta pela 1ª vez sobre explosões no Irã e pede 'máxima contenção'

Há 17 horas

Dia dos Povos Indígenas: por que a data é celebrada em 19 de abril?
Pop

Dia dos Povos Indígenas: por que a data é celebrada em 19 de abril?

Há um dia

Pacto Global da ONU - Rede Brasil convoca empresas em pesquisa para avanço da diversidade e inclusão
ESG

Pacto Global da ONU - Rede Brasil convoca empresas em pesquisa para avanço da diversidade e inclusão

Há um dia

Mauro Vieira participa de reunião da ONU; expectativa é que defenda Palestina como membro pleno
Mundo

Mauro Vieira participa de reunião da ONU; expectativa é que defenda Palestina como membro pleno

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais