Eurozona terá recuperação a partir do 2º semestre de 2013

Segundo Banco Central Europeu, inflação deve cair abaixo da sua meta de 2 por cento em 2013

Frankfurt - A economia da zona do euro deve permanecer fraca e só vai começar a se recuperar no ano que vem, disse o Banco Central Europeu (BCE) nesta quinta-feira em seu boletim mensal, acrescentando que a inflação deve cair abaixo da sua meta de 2 por cento em 2013.

O BCE manteve sua principal taxa de juros em uma mínima recorde de 0,75 por cento na semana passada.

Como de costume, o editorial do boletim foi praticamente idêntico ao seu comunicado de política, lido pelo presidente Mario Draghi após a reunião do banco na última quinta-feira.

"A fraqueza econômica na zona do euro deve se estender até o ano que vem", disse o BCE no boletim.

"Mais tarde, em 2013, a atividade econômica deve se recuperar gradualmente, enquanto a demanda global se fortalece e a postura de política monetária acomodativa do BCE e a melhora da confiança do mercado abrem caminho pela economia".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também