Economia

Vendas do Dia das Mães registram pior desempenho desde 2003

De acordo com balanço divulgado hoje (9), na comparação com o mesmo fim de semana de 2015 (6 a 8 de maio) registrou queda de 9,5% em todo o país


	Vendas: na cidade de São Paulo, as vendas da semana do Dia das Mães caíram 8,2%
 (Thinkstock/Wavebreakmedia Ltd)

Vendas: na cidade de São Paulo, as vendas da semana do Dia das Mães caíram 8,2% (Thinkstock/Wavebreakmedia Ltd)

DR

Da Redação

Publicado em 9 de maio de 2016 às 17h08.

As vendas da semana do Dia das Mães (2 a 8 de maio) caíram 8,4% com relação ao ano passado e tiveram o pior desempenho desde o início da série do Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, em 2003.

De acordo com balanço divulgado hoje (9), na comparação com o mesmo fim de semana de 2015 (6 a 8 de maio) registrou queda de 9,5% em todo o país.

Na cidade de São Paulo, as vendas da semana do Dia das Mães caíram 8,2% ante a mesma semana do ano passado. No fim de semana da data, as vendas tiveram queda de 10,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, “a queda do poder de compra dos brasileiros, tendo em vista a escalada do desemprego, e a inflação ainda em patamar elevado, afetaram negativamente o movimento varejista do Dia das Mães deste ano”.

Além disso, eles destacam o crédito mais caro e escasso.

Acompanhe tudo sobre:Dia das MãesEmpresasempresas-de-tecnologiaExperianSerasa ExperianVendas

Mais de Economia

Em 4 anos, rotas de integração vão ligar Brasil à Ásia, prevê Tebet

Anatel poderá retirar do ar sites de e-commerce por venda de celulares irregulares

Carteira assinada avança, e número de trabalhadores por conta própria com CNPJ recua

Em 2023, emprego foi recorde e número de trabalhadores com ensino superior chegou a 23,1%

Mais na Exame