Vendas de veículos usados caem 5,8% em agosto, diz Fenauto

No ano, contudo, a comercialização ainda acumula alta de 3,52% até agosto, na comparação com igual período de 2014

São Paulo - A crise que abate o setor automotivo no Brasil parece ter chegado ao segmento de usados.

Até então registrando resultados positivos, a venda de veículos seminovos e usados em agosto caiu 5,8% ante julho e recuou 0,25% em relação ao mesmo mês do ano passado, mostram dados da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto).

No ano, contudo, a comercialização ainda acumula alta de 3,52% até agosto, na comparação com igual período de 2014.

De acordo com a Fenauto, foram vendidos 907.704 veículos usados em agosto no País, ante 930.784 unidades em julho e 879.363 em agosto do ano passado.

Os números levam em conta as vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, sem contar motocicletas, máquinas agrícolas e outros tipos de veículos.

Apenas o segmento de autos e leves registrou recuos de 5,71% nas vendas em agosto ante julho e de 0,20% frente um ano atrás. No acumulado de 2015, porém, ainda tem avanço de 3,63% nas vendas.

A retração, no entanto, é menor do que a registrada no segmento de novos. Em agosto, os emplacamentos recuaram 8,9% ante julho e tombaram 23,9% em relação a agosto de 2014.

No oitavo mês do ano, foram vendidas 207,3 mil unidades, o pior nível para o mês em nove anos. Com o resultado, os licenciamentos de veículos zero quilômetro acumulam baixa de 21,4% em 2015 até agosto frente a igual intervalo de tempo do ano passado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.