Acompanhe:

Vale-refeição dura em média 12 dias no mês, aponta levantamento

A pesquisa +Valor aponta que o preço médio da refeição completa (prato principal, sobremesa, bebida e café) vendida nos restaurantes brasileiros é de R$ 46,60, com isso o valor ideal do vale-refeição seria de R$ 1.025,20

Modo escuro

Continua após a publicidade
Vale-refeição: valor ideal do benefício em algumas regiões passa de R$ 1.000 (Zorica Nastasic/Getty Images)

Vale-refeição: valor ideal do benefício em algumas regiões passa de R$ 1.000 (Zorica Nastasic/Getty Images)

O saldo do vale-refeição do trabalhador dura, em média, 12 dos 22 dias úteis no mês, segundo levantamento da Ticket, empresa de vale-refeição e vale-alimentação, com base no saldo médio de seus clientes na relação com o preço das refeições. A pesquisa +Valor aponta que o preço médio da refeição completa (prato principal, sobremesa, bebida e café) vendida nos restaurantes brasileiros é de R$ 46,60. Assim, o valor ideal do benefício para durar todo o mês seria de R$ 1.025,20. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a renda média mensal dos brasileiros é de R$ 2.921. Com isso, fazer uma refeição completa diariamente representaria 35% da renda.

O levantamento mostra ainda que o valor gasto pelo brasileiro em refeições aumentou 70% nos últimos dez anos, acompanhando a inflação do período. Em 2014, o preço médio do almoço completo era de aproximadamente R$ 27,36. A alta no valor foi puxada pelo Sudeste, enquanto Sul, Nordeste, Norte e Centro-Oeste apresentaram altas mais discretas. De acordo com dados do IBGE, a série histórica do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) entre 2014 e 2023 apresenta um acumulado de 68,2%. Se o preço médio fosse corrigido de acordo com a inflação, o prato completo custaria R$ 46,19.

“Se o trabalhador não receber benefício, considerando que gastaria em média R$ 1.025,20 para se alimentar nos 22 dias úteis do mês, comprometeria até 35% do seu salário apenas com alimentação no horário do trabalho. Considerando o preço médio da refeição revelado pelo estudo neste ano, o valor ideal para que o benefício dure o mês todo seria algo em torno de R$ 1.000”, afirma Natália Ghiotto, diretora de produtos da Ticket, em nota.

Qual o valor ideal do vale-refeição por região?

A pesquisa fez dois cenários para apontar qual seria o valor ideal de vale-refeição em cada região do país.

No primeiro, a pesquisa considera uma refeição completa, que inclui prato principal, sobremesa, bebida e café, que tem o valor médio R$ 46,60. A Região Sudeste tem o maior benefício ideal, no valor de R$ 1.085,26, seguida por Nordeste (R$ 958,10) e Sul (R$ 941,82). A Região Centro-Oeste tem o menor valor ideal, apenas R$ 918,50.

No segundo cenário, considerando uma refeição mínima, que inclui prato comercial + bebida, o valor médio é de R$ 29,40.

Essa refeição mínima requer um desembolso um pouco maior nas regiões Nordeste, entre R$ 30,23 a R$ 34,06, Sudeste, com opções de R$ 30,14 a R$ 33,21, e Sul, R$ 28,91 a R$ 32,59. Nessa lógica, o valor ideal para o benefício seria menor na Região Centro-Oeste, de R$ 559,46. Nordeste e o Sudeste são as regiões com valor de benefício sugerido mais alto, de R$ 665,06 e R$ 663,08 para o cenário de uma refeição mínima.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
IGP-10 de abril cai 0,33% ante queda de 0,17% em março
Economia

IGP-10 de abril cai 0,33% ante queda de 0,17% em março

Há um dia

Salário mínimo em 2028 é de R$ 1.772, esclarece secretário do Orçamento
Economia

Salário mínimo em 2028 é de R$ 1.772, esclarece secretário do Orçamento

Há um dia

Quanto vai ser o salário mínimo em 2025? Governo Lula divulgação previsão do reajuste
Economia

Quanto vai ser o salário mínimo em 2025? Governo Lula divulgação previsão do reajuste

Há um dia

Petróleo sobe em meio a risco de ataque iraniano a Israel
seloMercados

Petróleo sobe em meio a risco de ataque iraniano a Israel

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais