Saída de dólares do país supera entrada em US$ 4,69 bilhões

Do dia 1º a 3 de julho, o fluxo financeiro teve saldo negativo de US$ 1,513 bilhão e o comercial, de US$ 9 milhões

Mais dólares saíram do país do que entraram em junho, e o saldo continua negativo nos primeiros dias deste mês. De acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (8), o saldo negativo de junho ficou em US$ 4,694 bilhões. Nos três primeiros dias úteis de julho, o déficit chegou a US$ 1,522 bilhão.

No mês passado, o fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos diretos no país, entre outras operações) registrou saídas maiores que as entradas em US$ 7,629 bilhões.

Já o fluxo comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações) registrou saldo positivo de US$ 2,935 bilhões.

Do dia 1º a 3 de julho, o fluxo financeiro teve saldo negativo de US$ 1,513 bilhão e o comercial, de US$ 9 milhões.

No período de janeiro a 3 julho, o saldo do fluxo cambial ficou positivo em US$ 9,577 bilhões. Nesse período, o fluxo financeiro ficou negativo em US$ 225 milhões e o comercial, positivo em US$ 9,802 bilhões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.