Acompanhe:

Entrar no clube do 1% mais rico dos EUA está ficando mais difícil. Agora, são necessários pelo menos US$ 5,8 milhões para entrar no escalão mais rico da maior economia do mundo, quase 15% a mais do que há um ano, de acordo com pesquisa da Knight Frank.

Mônaco mantém o primeiro lugar no que se refere ao limite mais alto do mundo, com US$ 12,8 milhões, um aumento de 3,2% em relação ao ano anterior, enquanto em Luxemburgo e na Suíça são necessários mais de US$ 8 milhões para entrar nessa fatia rica extremamente rica da sociedade.

De acordo com a Bloomberg, esses novos números destacam como a recuperação dos mercados nos EUA e em outras nações ocidentais está ampliando a diferença entre países ricos e pobres. O PIB de Mônaco por pessoa, de aproximadamente US$ 240.000, é mais de 900 vezes maior do que o do Burundi, na África Oriental, de acordo com dados do Banco Mundial.

A invasão da Ucrânia pela Rússia em 2022 prejudicou uma economia global que estava se recuperando da pandemia, fazendo com que os preços da energia e dos alimentos subissem. Embora isso tenha causado problemas em todo o mundo, as nações mais pobres que precisam importar esses produtos foram especialmente afetadas, pois os custos dos empréstimos aumentaram.

Ainda assim, nem todos sentiram o aperto. As 500 pessoas mais ricas do mundo acrescentaram US$ 1,5 trilhão às suas fortunas no ano passado, sendo que o CEO da Tesla, Elon Musk, foi o que mais ganhou, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index. O empresário aumentou em US$ 95,4 bilhões seu patrimônio.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Ministro de finanças da França apoia proposta de sistema tributário internacional para 'super-ricos'
Economia

Ministro de finanças da França apoia proposta de sistema tributário internacional para 'super-ricos'

Há 2 meses

Imposto sobre 'superlucros' derruba ações dos bancos italianos
Mundo

Imposto sobre 'superlucros' derruba ações dos bancos italianos

Há 8 meses

Onde vivem os super-ricos? Ranking mostra quais são as cidades com mais milionários no mundo
Mundo

Onde vivem os super-ricos? Ranking mostra quais são as cidades com mais milionários no mundo

Há um ano

Mais ricos do mundo já perderam US$ 1,4 trilhão em 2022
seloNegócios

Mais ricos do mundo já perderam US$ 1,4 trilhão em 2022

Há um ano

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais