Acompanhe:

Pressão na inflação: 43% acham que crise hídrica vai aumentar conta de luz

Pesquisa EXAME/IDEIA mostra que população está preocupada com a baixa nos reservatórios das hidroelétricas do país

Modo escuro

Continua após a publicidade
A redução estimada pelo governo nas contas de luz para o consumidor é de cerca de 20% (Brunorbs/Getty Images)

A redução estimada pelo governo nas contas de luz para o consumidor é de cerca de 20% (Brunorbs/Getty Images)

G
Gilson Garrett Jr

Publicado em 13 de junho de 2021 às, 08h30.

Pela primeira vez na história, o Sistema Nacional de Meteorologia emitiu um alerta de emergência hídrica para a área da Bacia do Paraná, que abrange os estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. A previsão é de chuvas abaixo da média entre junho e setembro na região, conhecida por concentrar as principais hidrelétricas do país.

A falta de chuvas afeta também outras áreas, o que gerou a necessidade do acionamento de usinas termelétricas, que produzem energia mais cara. Como resultado, entrou em vigor a bandeira tarifária vermelha dois, a mais custosa aos consumidores, desde a semana passada. E tudo isso impacta diretamente na inflação, porque a conta de energia faz parte do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA.

Para 43% dos brasileiros, pagar mais caro na conta de luz é o maior problema causado pela crise hídrica no país. O impacto na atividade econômica e no emprego pode ser a consequência para 32%. Outros 17% acham que o país pode enfrentar um apagão.

É o que mostram os dados da mais recente pesquisa EXAME/IDEIA, projeto que une EXAME e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. O levantamento ouviu 1.252 pessoas entre os dias 7 e 10 de junho. As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares. Clique aqui para ler o relatório completo. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

EXAME IDEIA CRISE ELETRICA

(Arte/Exame)

A sondagem mostra que 75% já perceberam o aumento na conta de luz e o orçamento mais apertado. Na avaliação de Maurício Moura, fundador do IDEIA, a preocupação com a inflação e o aumento geral de preços é recorrente nas últimas pesquisas de opinião pública no Brasil.

“A parcela de 32% que acha que a crise de energia pode gerar impacto na atividade econômica é muito significativa. Vale lembrar que para quem tem renda e escolaridade mais altas, o impacto na atividade econômica é mais relevante que o aumento na conta de luz. De qualquer forma, existe uma preocupação bastante forte com aumento da conta de energia e com o orçamento das famílias como um todo”, explica.

A crise hídrica não é de hoje, desde 2019 o governo federal monitora a situação e percebeu que houve uma diminuição na regularidade de chuva no Sudeste e no Centro-Oeste. A bandeira tarifária mais alta também virou uma recorrência na conta dos brasileiros. Em maio, ela estava na vermelha 1.

Exatamente no mês de maio o IPCA ficou em 0,83%, acima do esperado por analistas, e puxada, em grande parte, pela conta de energia elétrica. Nos últimos 12 meses, a inflação está em 8,06%. No acumulado do ano, o índice está em 3,22%. A inflação permanece acima do teto da meta do governo que é de 5,25% em 2021.


O podcast EXAME Política vai ao ar todas as terças-feiras. Clique aqui para ver o canal no Spotify, ou siga em sua plataforma de áudio preferida, e não deixe de acompanhar os próximos programas.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importante em tempo real.

Últimas Notícias

Ver mais
Inflação na zona do euro segue em baixa em fevereiro, a 2,6%
Economia

Inflação na zona do euro segue em baixa em fevereiro, a 2,6%

Há 8 horas

Vai chover hoje? RJ, SP e MG podem ter temporais nesta sexta-feira; veja previsão
Brasil

Vai chover hoje? RJ, SP e MG podem ter temporais nesta sexta-feira; veja previsão

Há 12 horas

Yellen faz elogios a Caputo por reformas implementadas na Argentina
Brasil

Yellen faz elogios a Caputo por reformas implementadas na Argentina

Há um dia

PCE: índice de inflação nos EUA mantém queda e vai a 2,4% em janeiro
Economia

PCE: índice de inflação nos EUA mantém queda e vai a 2,4% em janeiro

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais