Petrobras reduz preço do diesel em R$ 0,30, a 3ª queda desde julho

Preço do diesel nas refinarias da Petrobras são cortados em R$ 0,30, o equivalente a 5,7%, a partir de terça-feira, 20
Petrobras: redução de 6% no preço do diesel nas refinarias (YASUYOSHI CHIBA/AFP/Getty Images)
Petrobras: redução de 6% no preço do diesel nas refinarias (YASUYOSHI CHIBA/AFP/Getty Images)
C
Carolina Riveira

Publicado em 19/09/2022 às 12:10.

Última atualização em 19/09/2022 às 12:51.

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira, 19, redução de 5,7% no preço do diesel vendido em suas refinarias.

O preço médio de venda do diesel A nas refinarias da estatal passará de R$ 5,19 para R$ 4,89 por litro, com corte de R$ 0,30 por litro.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta

O novo preço passa a valer nas refinarias da estatal a partir de terça-feira, 20.

Essa é a terceira queda nos preços da Petrobras desde julho. Em pouco mais de um mês, os preços foram reduzidos duas vezes, a última em 12 de agosto. Os preços da gasolina também foram cortados quatro vezes nas últimas semanas.

VEJA TAMBÉM: Petrobras, JBS e Vale: veja o ranking completo da Melhores e Maiores 2022

Os preços da estatal têm sido beneficiados pela queda na cotação do petróleo no mercado internacional. Após o insumo ter chegado a seu pico no início da guerra na Ucrânia, os temores de recessão global derrubaram o preço para abaixo dos US$ 100 a partir de julho.

Em nota, a Petrobras afirmou que "acompanha a evolução dos preços internacionais de referência" e que a redução "é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global."

Quanto cairá o diesel nos postos

A Petrobras afirma que, como 10% do litro de diesel comercializado é por lei composto por biodiesel, a fatia da Petrobras no total do litro do diesel cairá de R$ 4,67, em média, para R$ 4,40/litro.

Assim, a redução na prática seria de ao menos R$ 0,27 no litro ao consumidor.

Mas os preços finais podem variar nos diferentes postos e localidades. O restante do preço final na bomba diz respeito ao preço do biodiesel, tributos e margens de lucro no restante da cadeia de distribuição.

Antes do corte da Petrobras, o preço médio do diesel vendido nos postos no Brasil, na semana encerrada em 10 de setembro, ficou em R$ 6,96.

VEJA TAMBÉM: Os piores investimentos de agosto: fundos de renda fixa estão na lista

Os valores são medidos semanalmente pela Agência Nacional de Petróleo e Biocombustíveis (ANP), em levantamento em mais de 5,5 mil postos nacionalmente.

Além disso, a redução no preço do diesel da Petrobras diz respeito somente ao combustível nas refinarias da estatal, que respondem por cerca de 70% do diesel vendido no Brasil. O restante é vendido via importação ou refinarias privatizadas, já a preços que variam mais rapidamente de acordo com as condições do mercado.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta