Economia
Acompanhe:

Para BC inglês, ajustes de juros não criaram riscos à estabilidade financeira

Bailey ressaltou ainda que os mercados já superaram a instabilidade gerada pelo plano econômico da ex-primeira-ministra do país, Liz Truss, no ano passado

Banco da Inglaterra: O banqueiro central participa de sessão no Parlamento britânico (Shaun Curry/AFP)

Banco da Inglaterra: O banqueiro central participa de sessão no Parlamento britânico (Shaun Curry/AFP)

E
Estadão Conteúdo

16 de janeiro de 2023, 14h18

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey, afirmou, nesta segunda-feira, 16, que a escalada dos juros no Reino Unido não criou riscos à estabilidade financeira do país. O banqueiro central participa de sessão no Parlamento britânico.

Bailey ressaltou ainda que os mercados já superaram a instabilidade gerada pelo plano econômico da ex-primeira-ministra do país, Liz Truss, no ano passado.

Lucro gerados pelo programa emergencial

O Banco da Inglaterra informou nesta segunda-feira que transferiu ao Tesouro britânico os lucros gerados pelo programa emergencial de compras de títulos implementado no passado. O instrumento foi adotado de forma temporária como forma de lidar com a instabilidade nos mercados financeiros, após um mal recebido plano econômico da ex-primeira-ministra Liz Truss.

Em carta endereçada ao Tesouro, Andrew Bailey afirmou que os empréstimos associados ao programa serão pagos hoje. "Os fluxos de caixa relevantes associados ao portfólio, incluindo os lucros realizados nas vendas, foram incorporados ao processo normal de transferência trimestral de dinheiro entre o APF e o Tesouro", disse.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

LEIA TAMBÉM: