País mostra que atrai interesse, diz Temer sobre leilão da ANP

O presidente comemorou o leilão, ao dizer os R$ 6,15 bilhões arrecadados significam mais investimentos e empregos para o povo brasileiro

Brasília - O presidente Michel Temer usou as redes sociais para comemorar o resultado do leilão da Agência Nacional de Petróleo (ANP) das 2ª e 3ª Rodadas de Partilha de Produção do pré-sal.

"Leilão do pré-sal: R$ 6,15 bilhões em arrecadação, mais investimentos e empregos para o povo brasileiro", escreveu o presidente.

Temer disse ainda que depois de quatro anos sem leilões do pré-sal, "o Brasil mostra que atrai interesse de grandes empresas e entra em novo ciclo de crescimento".

"Esforço do governo para tornar regras mais claras fez desta sexta-feira um dia histórico. O Brasil voltou!", completou.

Temer acompanhou o desenrolar do imbróglio judicial envolvendo a liminar e recurso em torno do leilão do pré-sal e foi informado pela ministra da Advocacia-Geral da União (AGU), Grace Mendonça, que o governo havia conseguido garantir a realização do leilão.

A ministra foi nesta sexta-feira, 27, ao gabinete do TRF1, em Brasília, conversar com o desembargador Hilton Queiroz e apresentar os argumentos da AGU para garantir a realização do leilão. Assim que a decisão que derrubou a liminar foi assinada ela telefonou para o presidente.

Segundo fontes do Planalto, Temer também foi informado do andamento do caso pelo subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha. Advogado de confiança do presidente, Rocha também esteve no TRF1 para acompanhar extraoficialmente a situação.

Leilão

Com a liminar suspensa, o leilão gerou ao governo uma arrecadação de R$ 6,15 bilhões. Duas áreas não foram vendidas, o que reduziu em R$ 1,6 bilhão o valor previsto (R$ 7,75 bilhões).

A Petrobras e a Shell foram as petroleiras que mais compraram no leilão, e venceram em parceria a disputa pelo campo no entorno de Sapinhoá, na Bacia de Santos. No total, sete empresas venceram a 2ª Rodada e seis a 3ª Rodada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.