Acompanhe:

O Banco Central atualizou o novo indicador de crédito que se propõe a acompanhar a determinação da lei do Desenrola de que os juros e encargos no rotativo e no parcelado do cartão de crédito não podem ultrapassar 100% da dívida original, o que vem sendo chamado de muro inglês.

O indicador foi publicado pela primeira vez no mês passado, com os dados de janeiro. Em fevereiro, 7 de 15 instituições apontaram aumento da taxa em relação à dívida original quando se considera 99% das operações realizadas.

Para o levantamento, o BC pega informações mensais de 15 instituições financeiras (80% do mercado de crédito) sobre as operações realizadas para encontrar o valor nominal no dia em que a dívida foi contratada e quanto essa dívida tem acumulado em juros e encargos financeiros. A expectativa é de que o indicador seja mais informativo com o passar dos meses.

O indicador faz uma estratificação das operações de crédito do rotativo e do parcelado em percentis - 25, 50, 75 e 99. No percentil 25, por exemplo, os juros de 25% das operações de cada banco são menores ou iguais à taxa indicada dos valores originais das dívidas. Da mesma forma, no percentil 99, os juros de 99% das operações são iguais ou inferiores à taxa informada em relação ao débito original.

Na atualização de fevereiro, no percentil 99, a maior parte das instituições financeiras (7 de 15) informou aumento da taxa de juros em relação à dívida original, seis mostraram manutenção e apenas duas tiveram redução: Banco Bmg (de 28,77% para 18,99%) e Portoseg S.A. CFI (21,09% para 20,78%). As taxas em fevereiro no percentil 99% variaram de 15,25% (Nu Financeira) a 28,33% (Banco CSF).

Nesta terça-feira, nas Estatísticas de Crédito, o BC informou que, considerando o saldo total, o juro médio total cobrado pelos bancos no rotativo do cartão de crédito caiu 6,8 pontos porcentuais de janeiro para fevereiro.

A taxa passou de 419,3% para 412,5% ao ano. No caso do parcelado o juro passou de 187,8% para 184,5% ao ano entre janeiro e fevereiro.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Campos Neto reforça que BC intervém no câmbio somente para corrigir mau funcionamento
Economia

Campos Neto reforça que BC intervém no câmbio somente para corrigir mau funcionamento

Há 2 dias

Campos Neto sinaliza corte de 0,25 pp em maio e abre porta para alta de juros, dizem investidores
Economia

Campos Neto sinaliza corte de 0,25 pp em maio e abre porta para alta de juros, dizem investidores

Há 3 dias

Os recados de Campos Neto: aumento de incertezas e o risco de fim do ciclo de queda de juros
Economia

Os recados de Campos Neto: aumento de incertezas e o risco de fim do ciclo de queda de juros

Há 3 dias

Desenrola dos PJs: Márcio França anuncia programa de renegociação de dívidas de microempresas
Economia

Desenrola dos PJs: Márcio França anuncia programa de renegociação de dívidas de microempresas

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais