Economia

IPC tem alta de 0,88% na 2ª quadrissemana de abril, diz Fipe

O índice registrou uma alta de 0,88 na segunda quadrissemana de abriil


	Bairro em São Paulo: a habitação saltou de 1,57% para 2,06%
 (Leandro Fonseca/ VOCÊ S/A)

Bairro em São Paulo: a habitação saltou de 1,57% para 2,06% (Leandro Fonseca/ VOCÊ S/A)

DR

Da Redação

Publicado em 17 de abril de 2015 às 06h36.

São Paulo - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação da cidade de São Paulo, registrou uma alta de 0,88 na segunda quadrissemana de abril. O número representa uma aceleração em relação à primeira leitura do mês, quando o índice avançou 0,68%.

O resultado apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) ficou levemente acima do intervalo das previsões de 13 instituições consultadas pelo AE Projeções, que apontavam que o índice poderia ficar entre altas de 0,50% e 0,85%, com mediana de 0,71%.

Na segunda leitura de abril, seis dos sete grupos de produtos pesquisados aceleraram seus ganhos na comparação com a primeira medição: Habitação (de 1,57% para 2,06%), Alimentação (de 0,42% para 0,47%), Despesas Pessoais (de 0,15% para 0,22%), Saúde (0,44% para 0,64%), Vestuário (de 0,77% para 0,92%) e Educação (de 0,07% para 0,11%).

O único grupo a desacelerar foi de Transportes, que apresentou alta de 0,05% na segunda quadrissemana do mês, ante avanço de 0,06% na leitura anterior.

Acompanhe tudo sobre:cidades-brasileirasEstatísticasIndicadores econômicosInflaçãoIPCMetrópoles globaissao-paulo

Mais de Economia

Lula diz que ainda vai decidir nome de sucessor de Campos Neto para o BC

Banco Central aprimora regras de segurança do Pix; veja o que muda

Banco Central da China surpreende e corta suas principais taxas de juros

Boletim Focus: mercado eleva projeção do IPCA para 2024 de 4% para 4,05%

Mais na Exame