Economia

IGP-M desacelera alta a 1,28% na 1ª prévia de dezembro, diz FGV

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis

Ribeirão Preto, em São Paulo: confinamento deve durar 120 horas (Mailson Pignata/EyeEm/Getty Images for National Geographic Magazine)

Ribeirão Preto, em São Paulo: confinamento deve durar 120 horas (Mailson Pignata/EyeEm/Getty Images for National Geographic Magazine)

R

Reuters

Publicado em 9 de dezembro de 2020 às 08h08.

Última atualização em 9 de dezembro de 2020 às 08h40.

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) registrou alta de 1,28% na primeira prévia de dezembro, depois de avançar 2,67% no mesmo período do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

Acompanhe tudo sobre:FGV - Fundação Getúlio VargasIGP-M

Mais de Economia

Em 4 anos, rotas de integração vão ligar Brasil à Ásia, prevê Tebet

Anatel poderá retirar do ar sites de e-commerce por venda de celulares irregulares

Carteira assinada avança, e número de trabalhadores por conta própria com CNPJ recua

Em 2023, emprego foi recorde e número de trabalhadores com ensino superior chegou a 23,1%

Mais na Exame