Economia

Haddad vai encontrar Papa Francisco para discutir taxação de grandes fortunas

Ministro da Fazenda fará viagem a Roma na próxima semana e se reunirá também com ministro da Espanha

Fernando Haddad, ministro da Fazenda (Diogo Zacarias/MF/Flickr/Divulgação)

Fernando Haddad, ministro da Fazenda (Diogo Zacarias/MF/Flickr/Divulgação)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 31 de maio de 2024 às 11h46.

Última atualização em 31 de maio de 2024 às 11h48.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, realizará uma visita oficial ao Vaticano e a Roma, na Itália, nos dias 4 e 5 de junho, informou o Ministério da Fazenda.

Haddad participará de uma audiência com o papa Francisco e da conferência "Addressing the Debt Crisis in the Global South", co-organizada pela Universidade de Columbia e pela Pontifícia Academia das Ciências Sociais. A agenda do ministro também inclui uma reunião bilateral com o ministro da Economia da Espanha, Carlos Cuerpo.

A taxação de grandes fortunas é um dos temas principais da trilha financeira do G20. O Brasil, que preside o grupo, tem defendido a implementação de políticas fiscais mais justas, que garantam uma distribuição equitativa da riqueza. Este tema será discutido durante a audiência com o Papa Francisco, que defende mais ações de Justiça social.

Na audiência com o Papa Francisco, Haddad falará também sobre a atuação do Brasil na presidência do G20, a luta contra as mudanças climáticas, a tragédia no Rio Grande do Sul e as dívidas dos países.

O ministro parte de São Paulo rumo à Itália na segunda-feira, 3, e retornará ao Brasil na quarta-feira, 5.

Acompanhe tudo sobre:Fernando HaddadPapa FranciscoG20

Mais de Economia

Governo avalia propostas para compensar desoneração da folha neste ano

Lula reclama de decisão do Banco Central sobre taxa de juros: ‘Uma pena que manteve’

Plano Real, 30 anos: Carolina Barros, do BC, e a jornada do Real ao Pix

Plano Real, 30 anos: dinheiro ainda é base de transações, mas 41% dos brasileiros preferem Pix

Mais na Exame