Governo grego vê acordo com UE em breve, mas aprovação cai

Maioria dos gregos está insatisfeita com a estratégia de negociação do governo

Atenas - O ministro do Trabalho da Grécia, Panos Skourletis, disse nesta terça-feira que Atenas em breve concluirá um acordo com seus credores externos que pode destravar mais empréstimos ao país necessitado de recursos.

Questionado em entrevista a uma emissora de televisão grega sobre se o governo vai de fato chegar a um acordo que entregue recursos à Grécia em troca de reformas econômicas, o ministro disse: "De fato, nos próximos dias".

"Há um prazo, que é 5 de junho", afirmou Skourletis, referindo-se à data para a qual está marcado o próximo pagamento de um empréstimo obtido pela Grécia com o FMI.

"Todos sabemos que se não houver solução, digamos até lá, em relação a financiamento, as coisas serão difíceis".

A maioria dos gregos está insatisfeita com a estratégia de negociação do governo, mostrou pesquisa divulgada na noite de segunda-feira.

De acordo com o levantamento realizado entre 13 e 15 de maio pela Universidade da Macedônia, 41 por cento dos gregos acreditam que a estratégia de negociação do governo "não é estável e, portanto, às vezes certa e às vezes errada".

Trinta e cinco por cento acreditam que a estratégia é correta, comparado a 72 por cento em fevereiro.

Já 61 por cento acreditam que o governo deveria atenuar as promessas que fez antes das eleições, dadas as circunstâncias, mostrou a pesquisa, em comparação com 35 por cento que querem vê-las cumpridas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.