Economia
Acompanhe:

FED deverá manter juros em nível elevado em 2023 e 2024, diz Bullard

Segundo James Bullard, as menores expectativas dos consumidores de inflação em longo prazo mostram a confiança no Fed

O dirigente apontou que ainda há algum caminho no aperto monetário para colocar a política em nível restritivo (Luke MacGregor/Getty Images)

O dirigente apontou que ainda há algum caminho no aperto monetário para colocar a política em nível restritivo (Luke MacGregor/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2022, 16h26

O presidente do Federal Reserve (Fed) de St. Louis, James Bullard, afirmou nesta segunda-feira, 28, que a autoridade deverá manter os juros em um nível elevado em 2023 e 2024, e que acredita que chegar na taxa terminal de juros o mais rápido possível é o melhor.

Em entrevista ao Market Watch, o dirigente apontou que ainda há algum caminho no aperto monetário para colocar a política em nível restritivo, e que o processo de quantitative tightening é útil no combate à inflação. Segundo Bullard, as menores expectativas dos consumidores de inflação em longo prazo mostram a confiança no Fed.

Na visão do presidente, o mercado de trabalho dos Estados Unidos permanece extremamente forte, uma vez que a taxa de desemprego de 3,7% é historicamente baixa, o que "dá espaço para buscar reduzir a inflação". Para Bullard, uma recessão na economia americana ainda pode ser evitada, e seu cenário base é de crescimento reduzido.

LEIA TAMBÉM:

Fed usará todos os instrumentos para estabilidade de preços, diz dirigente

Ações no Brasil estão anormalmente baratas, diz Credit Suisse (C1SU34)