Estatais têm resultado positivo de R$ 109,1 bilhões em 2019

Com a venda e liquidação de empresas, o número de estatais baixou de 209 no fim de 2018 para 200 em 2019

As estatais brasileiras apresentaram juntas um resultado líquido de R$ 109,1 bilhão em 2019. De acordo com balanço apresentado nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia, isso representa um aumento de 53% em relação ao lucro de 2018 e é o maior valor desde 2008.

As empresas do setor financeiro puxaram o resultado, apresentando lucro líquido de R$ 59 bilhões no ano passado, ante R$ 31 bilhões no anterior. As estatais do setor produtivo tiveram lucro de R$ 51,9 bilhões em 2019, ante R$ 39,2 bilhões em 2018. Já as estatais dependentes do Tesouro Nacional apresentaram resultado negativo em R 1,8 bilhão, ante lucro de R$ 1,1 bilhão em 2018.

Com a venda e liquidação de empresas, o número de estatais baixou de 209 no fim de 2018 para 200 em 2019. Dessas, 46 têm controle direto da União, sendo 18 dependentes do Tesouro Nacional.

O número de empregados foi reduzido em 3,7% em 2019, chegando a 476.644. "Da redução total do quantitativo de pessoal das estatais, cerca de 3.500 posições decorreram das desestatizações do período, e o restante foi, em grande parte, resultado da implementação de programas de desligamento voluntário de empregados (PDVs), cuja estimativa de economia na folha de pagamentos é da ordem de R$ 2,10 bilhões", detalha o boletim.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também