Eleição de Goldfajn para o BID é uma vitória para o país inteiro diz Meirelles

Ex-ministro ressalta a "extrema capacidade" de Goldfajn em publicação em rede social
Ilan Goldfajn: economista foi eleito presidente do BID (Germano Lüders/Exame)
Ilan Goldfajn: economista foi eleito presidente do BID (Germano Lüders/Exame)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 20/11/2022 às 15:17.

Com elogios a experiência de quem "serviu a diversos governos e organismos internacionais", o ex-presidente do Banco Central (BC) Henrique Meirelles afirmou, em suas redes socais, que a vitória de Ilan Goldfajn na disputa pela presidência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) é "uma vitória para o país inteiro".

"Felicitações ao amigo Ilan Goldfajn, primeiro brasileiro a comandar o BID. Sua eleição, com mais de 80% dos votos, é um reconhecimento à sua extrema capacidade e à experiência de quem serviu a diversos governos e organismos internacionais. É uma vitória para o País inteiro", publicou.

A vitória do candidato brasileiro foi adiantada pelo Broadcast, e Goldfajn assume a presidência do BID ainda em 2022, por um período de cinco anos, depois de uma campanha marcada por disputa política e eleições antecipadas por um escândalo ético na gestão anterior.