Dólar vai cair assim que voltarem investimentos externos, diz Guedes

Ele avaliou que a combinação atual de juros baixos e um dólar no patamar de "5, 5 e pouco" reais está impulsionando as exportações, apesar da crise

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta sexta-feira que o câmbio vai descer assim que voltarem em massa os investimentos externos para o país.

“Aí é garantia que Brasil finalmente retomou crescimento”, disse ele ao participar virtualmente do Encontro Nacional de Comércio Exterior (ENAEX).

Aproveitar as melhores oportunidades na bolsa exige conhecimento. Venha aprender com quem conhece na EXAME Research

Ele avaliou que a combinação atual de juros baixos e um dólar no patamar de “5, 5 e pouco” reais está impulsionando as exportações, apesar da crise.

Guedes também voltou a dizer que o plano A do governo é chegar ao fim do ano e encerrar o auxílio emergencial, aterrissando em seguida no Bolsa Família, já que não há no momento consenso político para formatação de um novo programa de transferência de renda que consolide iniciativas já existentes num só benefício.

“Enquanto essa discussão não estiver estabelecida, e ela não está, o que vai acontecer é voltar para o Bolsa Família e acabou”, disse ele. “Não vamos fazer aventura, não vamos gastar o que não pudermos.”

Criação de empregos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira que o ritmo de criação de empregos no país está tão forte que talvez seja difícil mantê-lo.

“É um fato que Brasil está saindo da recessão”, disse o ministro durante participação no Encontro Nacional do Comércio Exterior (Enaex).

O ministro reafirmou que o governo não descumprirá o teto de gastos, o que classificou como uma “barreira contra a irresponsabilidade”, e afirmou que os impostos não serão elevados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.