Defesa Civil do Rio aciona alerta em mais de 20 comunidades

As sirenes são acionadas quando chove mais de 40 milímetros em uma hora e, consequentemente, aumentam os riscos de deslizamentos de encostas

Rio de Janeiro – A Defesa Civil acionou o sistema de sirenes de alerta em mais de 20 comunidades da capital, durante o temporal que atingiu a região metropolitana na noite de ontem (5). As sirenes são acionadas quando chove mais de 40 milímetros (mm) em uma hora e, consequentemente, aumentam os riscos de deslizamentos de encostas. Os moradores foram orientados por agentes comunitários e representantes da Defesa Civil a buscar abrigo em pontos de apoio.

A região da Tijuca foi uma das que mais sofreram com a chuva. Em apenas uma hora, entre as 19h45 e as 20h45, choveu 86,2 mm, mais de 70% do esperado para todo o mês de março.

O município entrou em estágio de alerta, o terceiro nível mais grave em uma escala de quatro, às 20h05, nas bacias da Baía de Guanabara, que compreende os bairros do centro, da zona norte e Ilha do Governador, da zona sul e de Jacarepaguá, que engloba os bairros da Barra da Tijuca, do Recreio dos Bandeirantes e de Jacarepaguá. A Defesa Civil retornou ao estágio de vigilância (o primeiro nível) ainda de madrugada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.