Ciência

Qual o melhor horário para se exercitar? Estudo responde

Pesquisa aponta que o horário da tarde pode ser o melhor para praticar exercícios físicos

Publicado em 15 de abril de 2024 às 06h18.

É indiscutível que praticar exercícios físicos faz bem para a saúde. No entanto, há muito se debate qual a melhor forma de se exercitar. Agora, um novo estudo aponta qual o melhor horário para fazê-lo.

A pesquisa acompanhou a saúde de pessoas vivendo com obesidade e descobriu que aqueles que se exercitam no período da tarde apresentaram índices menores de problemas cardiovasculares ou morte em comparação com quem se exercitava em outros horários.

Trata-se de um levantamento realizado por pesquisadores da Universidade de Sydney, na Austrália. O grupo acompanhou cerca de 30 mil voluntários de mais de 40 anos que vivem com a obesidade e não possuíam doenças cardiovasculares pré-existentes.

Em média, os voluntários foram monitorados por quase oito anos.

Como resultado, os estudiosos descobriram que quem se exercita apresenta uma saúde melhor. No entanto, dentro desse grupo, se deu melhor quem praticava exercícios no período da tarde.

Mas não se trata de unanimidade. Enquanto determinados estudos apontam para a primazia do período da tarde para se exercitar, outros sugerem que a manhã pode ser mais benéfica para esse fim.

O estudo foi publicado no periódico científico Diabetes Care. Os resultados ainda não podem comprovar uma ligação de causa e efeito em relação ao exercício praticado de tarde e uma saúde melhor. De acordo com os autores, porém, se confirmadas, as descobertas podem ajudar a otimizar as rotinas de exercícios -- especialmente para quem apresenta obesidade ou diabetes.

Acompanhe tudo sobre:DoençasDoenças do coraçãoSaúde

Mais de Ciência

Meteoros de rastros do Halley podem ser vistos na madrugada de domingo

AstraZeneca admite efeito colateral raro da vacina contra covid-19

Aranhas em marte? Fenômeno cria 'aracnídeos' no planeta vermelho

Ozempic ajuda na redução de consumo de tabaco e álcool, indica relatório

Mais na Exame